The Miracle

Em meu quarto, em meu próprio mundo.
Por que as pessoas se preocupam tanto com coisas tão desnecessárias? Quer dizer, será que realmente importa todas estas coisas? As pessoas se preocupam demais com o futuro. O futuro é muito vago pra que possamos nos preocupar com ele. Se hoje estou bem, amanhã posso não estar. Se estiver mal, amanhã posso acordar sorridente. Então porque as pessoas se preocupam tanto com essas coisas?


Hoje está um dia tranquilo, chove aqui em Viamão. As meninas da nova geração não podem sair por aí exibindo seus shorts minúsculos ousando mostrar partes que ainda não tem. (rá! - eu sou terrível...) Mas é verdade, que mania que essa gente adquiriu de exibir o que ainda não tem. Era tão bonito antigamente quando as meninas usavam vestidos, penteavam os cabelos com grandes topes e fitas, e os meninos usavam calças de sarja marrom, com gel acumulado no cabelo e todos iam pras lanchonetes ouvir Elvis... Essa época deixou saudades até mesmo pra quem não viveu ela. Mas de repente sei lá, vem aquela saudade de coisas que eu não conheci e fico achando que aqui é tão monótono, tedioso. Ao menos pra mim.
Se eu ainda fosse uma pessoa "viva", que sai por aí, tem vários amigos... Mas não. Sou eu somente, em meu quarto, meu computador e diálogos intermináveis de 5 horas ao telefone com meu namorado à madrugada.
Porque graças ao meu colesterol (e aos desmaios, etc) do começo do ano, perdi o período escolar. Agora só ano que vem. Às vezes me pergunto: será que vou conseguir me readaptar à escola depois de tanto tempo perdido? Espero que sim.
Mas enquanto isso não acontece, eu fico aqui, em meu mundo utópico, onde não há monstros, nem mal, e o sol sempre brilha.


Nenhum comentário