Mais amarga do que nunca

Quem me conhece sabe que em muitos pontos, não sou uma garota típica. Por exemplo: sapatos exercem uma atração limitada sobre mim. Quando vou à uma loja fazer compras (coisa que detesto, por sinal), escolho peças confortáveis, que não sejam muito chamativas, prezo por certa discrição. Gosto mais de ficar em casa do que de sair, detesto a chamada "fofoca com amigas". Sério. Por 2 motivos.
1° - não tenho amigas
2° - quando tinha amigas, nunca fiz disso. Talvez por isso a tal amizade não tenha durado. Porque, penso da seguinte forma: se pra ser amiga de alguém os requisitos básicos são se vestir igual, falar igual, andar igual e fofocar da vida dos outros, sorry friends, but it's not me.
Tenho apenas 1 amiga, Rafaela, da qual vejo no máximo 2 vezes ao ano. Repare no detalhe de que ela mora na rua atrás da minha. Tenho preguiça de cultivar amizades. Mas quando Rafa e eu nos encontramos, não falamos nada, ela não me pergunta como está a vida, eu não pergunto à ela, e ficamos ali, não falando por um bom tempo. E é um dos melhores tempos que passo.

Nunca tive paciência pra gente que se acha "cult" e inteligente. Quando a pessoa é, ela não precisa se achar, os outros acham por ela. Ela não tem de provar nada à ninguém, é só a postura da pessoa, aquele jeito diferente de chamar atenção sem fazer nada, isso é ser inteligente.

Sorry me se estou falando tão asperamente hoje, mas estou mais amarga do que nunca. Com aquele tipo de revolta que só acontece uma vez na vida, e se você deixá-la tomar espaço, ela arruina sua vida. Então prefiro descarregar aqui, nestas simples letras deste blog abandonado. É melhor assim.

Mas querem um conselho, meus amores? Se arrumem, tome um banho demorado, passe um bom esfoliante, um creme bem cheiroso, um bom perfume, coloque sua roupa mais bonita, se maquie e saia por aí, esbanjando estilo e personalidade. Porque o bom mesmo é sermos originais. Conquiste o que você quer, vá atrás, sonhe, sonhe, e viaje através dos sonhos. Eles podem te levar a lugares maravilhosos, onde você nunca imaginou.
Seja sincero com você mesmo e as pessoas vão te respeitar por isso. Elas podem até não gostarem de você, podem te achar um bobo, mas vão ter de te respeitar por você ter a coragem de ser você mesmo.
Não tenha medo do ridículo, ria, brinque, saia cantando no meio da rua, seja feliz. Aproveite sua vida: ela é só uma e não volta mais.
Aproveite seu tempo, e se divirta fazendo o que gosta, estando com a pessoa que gosta.
E se mesmo fazendo tudo isso, ainda sentir algo faltando, um vazio, venha conversar comigo, e comer quilos de chocolate imaginários (olha a alma de gorda falando) ;)

(Mia precisa ficar sozinha)

Um comentário

  1. Todos nós precisamos de um tempo sozinha,
    para organizar nossos sentimentos
    e pensamentos.
    muitas pessoas tem medo da solidão ,
    por isso se prendem a pessoas que nao nos dao o devido valor.

    nada melhor do que palavras escritas para descrever certamente o que sentimos..
    expressar nossas opiniões sem ter medo de ferir alguem..
    algo q poderia acontecer em uma simples conversa!!!

    ResponderExcluir