Marionete do destino

Presa a uma montanha-russa gigante e cheia de curvas, assim estou eu. A única coisa que me livra de cair a qualquer instante é um fino cordão que eles chamam de cinto de segurança. Percebo-me tão frágil e ao mesmo tempo tão forte. Olho para as pessoas à minha volta e as vejo atônitas, com medo, extasiadas pelas curvas e declínios das emoções. Quanto a mim, eu estou tão acostumada com os baques dessas montanhas fajutas de ferro que nem me impressiono mais. É excitante saber que estou mais perceptiva que os outros, mas é assustador quando penso em como posso cair a qualquer minuto e me tornar tão enérgica e assustada quanto eles. 

Nesses altos e baixos dessa montanha-russa de emoções, às vezes fico enjoada. Enjoada da vida, das paisagens, das pessoas. E então precipito-me contra as grades de ferro - já enferrujado - que me protegem do abismo, na intenção de me jogar e acabar com toda aquela brincadeira sádica com meu coração. Precipito-me, forço os ferros, tento o destino; mas não vou adiante porque o medo de sentir algo com a queda e mergulhar em minhas próprias lembranças e emoções é maior do que o medo de me libertar daquela brincadeira frustrante. 

Fico ali, parada, olhando e imaginando um futuro que não é meu. Esperando por um futuro que passou. Como uma marionete sendo levada pelo destino. Fácil vem, fácil vai; um pouquinho animada, um pouquinho deprimida. 

Tumblr_lu5elbtlla1qza0fjo1_500_large

14 comentários

  1. Mia, eu nunca parei pra ler de vdd um texto seu. É vergonhoso, sei disso, mas é q eu ficava com vergonha de comentar e falar besteira.Às vezes minha percepção é muito diferente da percepção da pessoa q escreveu o texto e seu eu disser um simples: " Que texto lindo", vou me sentir falsa.
    Mas como não dizer agora que eu achei esse texto lindo.
    Nunca passei por isso, mas sei que é algo um pouco inevitável e que em algum momento vou ter que viver para aprender um pouco mais.

    visita?
    jeito-inedito.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Acredito que se sentir como uma marionete seja uma das piores sensações de impotencia :(
    Enfim, o novo lay tá mto lindo *--*

    Só uma coisinha, não sei se é só cmg mas as 'nuvenz' estão atrapalhando um pouco na leitura, se puder diminuí-las ficaria melhor!
    /critica construtiva, ok?!

    ResponderExcluir
  3. Muuuito lindo o seu texto. Amei!!

    http://theprettylittleworld.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Giselle.
    Talvez seja a resolução do seu pc. Aqui tá normal, não atrapalha em nada... Deve ser a resolução mesmo. De qualquer forma, obrigada por avisar.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  5. Me desculpe mas, se for verdade essa sensação de ser manipulada pelas circunstâncias, isso não é viver...É deixar que te vivam! De qualquer maneira, um dos seus melhores textos (algo complicado de se selecionar)!
    O design ficou maravilhoso!

    ResponderExcluir
  6. A vida é mesmo como uma montanha-russa, as vezes ficamos até de cabeça para baixo, quando surgem os problemas, mas no fim tudo dá certo e podemos sentir novamente os nossos pés firmes no chão.

    O novo lay está perfeito, lindo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Como sempre ótimos textos...

    O novo Layout tah bem bacana....

    http://www.skinnysfromhell.co.cc

    ResponderExcluir
  8. Oiie, saudades de você em meu blog
    quando der da um passadinha lá.
    (ESTE RECADO SE AUTO DESTRUIRÁ EM 10 SEGUNDOS)
    brincadeira, kkk um beijoooo .

    http://material-extra.blogspot.com/



    Esta lindo demais aqui me apaixonei.

    ResponderExcluir
  9. Adorei. Descreve exatamente como me sinto, ou estou (talvez)
    http://prooximaparada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Você escreve super bem, adoro ficar lendo seus textos, desde que conheci seu blog, não deixo de acompanhar...
    Parabéns!!!

    http://thelovelily.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. A vida realmente é como uma montanha-russa, dias ruins e dias trsites. O que não podemos deixar acontecer, é o destino mandar na nossa vida, nas nossas emoçõess.
    Beiijos*-*
    http://cartasp-voce.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Que lindo, às vezes também me vejo nessa monta-russa, já me deixei levar pelo destino e nisso acabei perdendo muito tempo.
    Bjin*

    http://deardiary-sucker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Sou sua fã e isso é fato. Então, ouso a dizer que esse é um dos melhores textos que já escreveu. Entendo bem como se sente. É aquela sensação de não escolher, de não se arriscar, de deixar a vida falar por vc. A interminável e insaciável espera pelo melhor.

    ResponderExcluir