Seu futuro diz olá, e ele é um impasse.


Tumblr_m3fxy84ve61r2in5qo1_500_large
O complicado é quando a gente se dá, se doa, se entrega. Não empresta, não cobra, apenas vai. E pedacinhos de nós se vão. E acrescentam no outro - que fica com os sentidos aumentados. Mas quando o outro não se doa, não se entrega, não se permite ser, aí ficamos incompletos e perdidos e com aquele vazio e aquela sensação de sentidos adormecidos e ocos e ecos.

Triste isso. Amar anestesia.
Só pra constar: esse trecho é parte de um comentário que fiz num texto da Gabi, mas que achei tão bonito, com tanto sentido, que decidi postar aqui. 

19 comentários

  1. Essa sensação é horrivel. Dói. Dói sentir a dormência e sentir que nos doamos ~a toa~.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Quando a gente ama, a gente se doa e se não é recíproco, ficamos incompletos mesmo. Nunca tinha parado pra pensar nisso dessa forma >< Amei que você postou aqui o seu comentário em outro blog o/

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  3. Eu queria muito saber como amar sem esperar nada em troca, porque assim o vazio não seria tão grande. Mas sempre tem o problema da expectativa.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Mareska, gostaria de conseguir amar sem esperar nadaem troca.
    Sempre acabo me sentindo frustrada.

    bjos Mia!

    ResponderExcluir
  5. Deve ser por isso que eu sou tão oca. Meus pedacinhos se foram e pedacinhos de ninguém vieram preencher os buraquinhos deixados.

    ResponderExcluir
  6. Fez bem em postar aqui, todo mundo deve ler isso! "e ocos e ecos" - gostei disso. Do som, do significado :)

    Aliás, gostei do ícone do blog na barra de endereços também (não sei se tá aí faz tempo, só reparei agora XD)

    ResponderExcluir
  7. É dificil amar sem esperar nada em troca. Todo carinho, todo cuidado, nós somos programados para querer tudo de volta. E é triste =/

    http://itgirl-sweet.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Que lindo isso, concordo plenamente, adoro a forma que você escreve, tão sincera com um tom sarcástico ás vezes, direta e reta, sem rodeios, muito maneiro mesmo. *-* O legal é quando nos encontramos em outros blogs né? Vixe, por tantas vezes fiz comentários maravilhosos que tive vontade de postar !

    Beijão, www.spiderwebs.com.br

    ResponderExcluir
  9. - É terrível isso. Amar sem ser amado e etc. Eu sou assim... Recebendo o pouquinho que os outros me dão. =/

    ResponderExcluir
  10. nossa na época em que eu passava horas no weheartit gifs não se mexiam D:
    AHUSAHUUSAHAUSHUSHUSAHUSAUHAHSAHUSUH
    eu sempre fico com esse vazio que você citou no post, em todos os meus relacionamento eu me senti assim, talvez por isso eles não tenham durado mas de 5 meses haha
    as vezes eu ate sinto que alguns querem se doar, mas dai é a minha vez de nao se doar sabe?
    não sei o que acontece D:
    talvez os meus problemas sejam eu mesma (?)
    enfim, comentário bem poético esse seu viu u_u

    http://rascunhosdasuuka.com

    ResponderExcluir
  11. Quem bom que passei por aqui logo de manhã. É bom falar de entrega, porque, por mais que o outro não se entregue, o fato de você se doar, ao menos um pouco,já é uma experiência e tanto. Você está sendo mundo, e ser mundo é o que afasta um pouco da tristeza. Claro que seria mais fácil se todo mundo se doasse a todo mundo, mas assim o efeito de se doar não seria o mesmo.

    ResponderExcluir
  12. "amar e não ser amado" acho que é com certeza a pior sensação..
    e Mia, seu Comentário mereceu um post mesmo... muito bom..
    bjokas florzinhaa

    @_ErikaWaldorf
    Formulas Padrões do Coração
    Curta a FanPage

    ResponderExcluir
  13. Ah, amar e não ser correspondido. É uma dor muito característica de vazio mesmo. Faz todo sentido.
    Eu, às vezes, também filosofo muito em comentários. hahaha

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. é a pior parte, é a parte que nenhum roteiro de filme romântico nos conta!

    ResponderExcluir
  15. Há dois lados num relacionamento. É uma via de mão dupla. Você dá e recebe. Se é assim,então, definitivamente não é um relacionamento. É outra coisa =T

    ResponderExcluir
  16. E é horrível perceber que isso ocorre mais frequentemente do que podemos perceber, gostar. Relacionamentos em geral tem de ser um adicional de coisas boas, pelo menos ao meu ver, conflitos surgem involuntariamente e as duas partes têm de doar um pouco de si, as duas. Ou uma sempre ficará com necessidade, falta de algo.

    ResponderExcluir
  17. Triste e verdadeiro...
    Você tem um tato com as palavras...A gente lê e sente.
    O pior de tudo é tentar achar solução para tapar esses pedaços que a gente arranca com tanto amor :(

    ResponderExcluir
  18. Sad but true- já aprendi a controlar isso em mim :)
    Beijos ♥

    Conspirantes

    ResponderExcluir