Das pintinhas verdes

Eu não gosto de festas. Mais do que isso: eu detesto festas. Não pela festa em si, mas pelas pessoas sem noção que comparecem ao ambiente e que ficam "sensualizando" (ou quase) pra geral desconhecida. Fora que eu nunca fui a uma festa na qual tocasse alguma música do meu gosto - não que eu tenha ido a muitas, mas vocês entenderam o que eu quis dizer. Sério. Parece que o povo adivinha exatamente do que eu não gosto e coloca só pra me irritar - se bem que não é muito difícil colocar algo de que eu não goste já que meu gosto se resume a Queen e derivados. 

Esclarecido esse ponto, vocês já devem ter percebido - ou não - que eu nunca havia ido a uma festa junina. Nunca. E pensei estar a salvo porque, após dezoito anos, sendo doze escolares, não imaginava que isso ainda pudesse acontecer comigo. Mas aconteceu. 
E lá estava a Mia dançando quadrilha na festa junina da escola. E de pintinhas verdes. 
Sim, porque a coisa é comigo, senhores, e quando é comigo até as benditas pintinhas do rosto da caipira-sulista se tornam verdes. 

Não, senhores, não foi uma escolha minha: ou era isso ou eram menos 10 (ou 5, I don't remember) pontos em Matemática. Não dá pra vacilar em Matemática, então... 
Lá fui eu, de trancinhas, de xadrez, de pintinhas verdes e de batom rosa-choque pra tal da festa junina. Não que tenha sido tão ruim - de fato, pensei que seria bem pior - mas eu terminei a tal da dança e vim pra casa, direto. Assim: 
Infelizmente as tais pintinhas verdes se recusaram a aparecer nessa foto - quem manda ter uma câmera ruim, né dona Mia!? - mas elas estavam lá. 
E eu vim pra casa vestida de caipira e com as tais pintinhas verdes - infelizmente a produção não tava completa na foto e eu até poderia colocar o vídeo da quadrilha aqui, mas confesso que tenho o maior respeito pela lei da inércia. De ônibus. Então, imaginem a cena: onze da manhã, centro de Viamão - também conhecida como "meio do mato" - lotado e eu fantasiada de caipira e com uma maquiagem de uma drag queen da roça - já que eu sou alérgica a desmaquilantes e de jeito algum iria pra aquele banheiro cheio de doenças da escola pra tirar o make. 
Peguei o tal do ônibus que me levaria até em casa. Quando entro nele o povo todo começa a me encarar e rir. Sim, rir - porque por aqui meninas de dezoito anos não andam de trancinhas ou com maquiagens de caipira-drag-queen-sulista no meio da rua às onze da manhã. Ao que eu, sabendo que o povo não iria parar e que eu ficaria em uma situação mais constrangedora ainda caso me mostrasse envergonhada ou pedissem para parar, coloquei o fone de ouvido, fiz pose de lady, comecei a admirar a paisagem pela janela (mato, mato, mato) e iniciei uma canção: 
"Forget your troubles, come on, get happy. You better chase all your cares away. Shout hallelujah, come on, get happy. Get ready for the judgement day..." ♪ 
Porque, se há algo que aprendi durante anos sendo desastrada e atraindo micos é: seja você a primeira a rir de si mesma (ou se mostre confortável com a situação). Funciona. 

23 comentários

  1. Haha, gostei! Nada mal você de caipira Mia, pena que não deu pra ver as pintinhas verdes né..
    Beijos, ana :)

    ResponderExcluir
  2. hahaha que dó, que dó, que dó. :p
    nossa... dessa vez eu ri alto três vezes, pq tem coisas que não tem preço. enfim, foi bem enraçado mesmo. ;p

    ResponderExcluir
  3. Adorei kkkkk ' engraçado que nenhuma festa que eu fui até hoje também nunca me agradou. Incrível ... mas já dancei muito em festas juninas quando era menor...tenhos muitas fotos comprometedoras. rs

    Amei sua postagem, você fico linda rs

    Beijao, www.spiderwebs.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hahahahaha sei bem como é essa história de "quando é ocmigo..."

    Eu gosto de festas, o que me irrita são os convidados. Se eu pudesse fazer uma festa só pra mim, viveria num mundo perfeito. Mas, infelizmente, "festa" implica muita gente reunida enchendo o saco uns dos outros.

    A última vez que fui a uma festa junina foi aos 7 ou 8 anos. Perceba. Lembro que dancei quadrilha com um garoto que detestava. Minha mãe guarda a foto minha, vestida de caipira, até hoje. Lástima.

    ResponderExcluir
  5. Tenho horror a festa junina por um único motivo: sempre tem alguém que quer te fazer dançar. Eu suporto gente chata, música chata, comida ruim, só POR FAVOR, não me façam dançar. E que sacanagem do cacete é essa de tirar pontos se não dançar na festa junina? Que colégio é esse? oO

    ResponderExcluir
  6. Mia, eu adoro seu blog de paixão! Parece que eu estou escrevendo seus textos, eu também não gosto nem um pouco de festas, quando alguém me convida eu já me imagino no meio daquele monte de pessoas dançando (e sensualizando *haha*) e eu com cara de monga no meio. Em casa pareço uma maluca dançando, mais em festas! Geralmente só tocam músicas chatas! Nada do que eu gosto (Também sou apaixonada por Queen, culpa do meu pai *-*) e...não dá certo!
    Enfim...eu falo de mais sabe?
    Beijinhos,Maitê
    pinkcatsflashpug.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Aah, Qualé, Mia?! Ficou uma caipira-drag-queen-sulista (eu acho que é isso!) bem bacana.
    E isso de ser a primeira a rir de si mesma funciona pacas!
    Abraço, Mia!

    ResponderExcluir
  8. ODEIO quando a escola me faz ir para algo que eu não quero. Por exemplo, lá na escola, todos somos obrigados a torcer pelo nosso time nos Jogos Internos. E se eu não estiver com vontade de torcer? E se eu preferir ficar dormindo? Eles nunca entendem... obrigam porque, se não for assim, ninguém vai.
    Mas, olha, essa sua festa junina aí não foi lá um dos piores micos do mundo, né? Já é passado, agora. Aposto que você já passou por coisas piores.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Eu ODEIO forró e festas, sério. Acho que as músicas que eu curto nunca vão ser tocadas em uma festa. Mas quando eu era pequenininha eu dançava sim, kkk. Realmente, sair fantasiada pela rua dá uma vergonha danada, mas acho que você se importar e falar "Parem!" é idiotice, o melhor é desencanar, afinal todos sabemos que as pessoas são hipócritas e não entendem o lado da pessoa... então, não vamos nos rebaixar aos retardados ;D

    Beijos, Garota de All Star

    ResponderExcluir
  10. OI MIA, OLHA NA MINHA OPNIÃO VOCE NÃO FOI TÃO MAL ASSIM VI A APRESENTAÇÃO DE VOCES EM UM VÍDEO E FOI ATÉ LEGAL, E QUANTO AO QUE OS OUTROS PENSAM VOCE ESTAH MUITO CERTA EM "IGNORAR" POIS O QUE REALMENTE IMPORTA É A NOSSA OPNIÃO E TAMBÉM O PORQUE DE VOCE SABER QUE AKILO VOCE FEZ PRA GANHAR NOTA E NÃO SIMPLISMENTE POR DIVERSÃO(AINDA MAIS VOCE QUE NAO GOSTA DESSE TIPO DE MÚSICA, EU TB ODEIO ESSES TIPOS....) VOCE SABE QUE SUA NOTA JÁ ESTÁ GARANTIDA, VOCE PODE TER PAGADO MICO NA RUA, MAS O DEVER FOI CUMPRIDO...
    BJS... EUSÉBIO ABREU

    ResponderExcluir
  11. Ah cara, não é possível que você não goste de festa junina. É a única ocasião em que o seu rabo está tão cheio de comida e quentão que a música quase não faz diferença, haha. Mas tirando festa junina (única festa do mundo onde eu posso comer pra caramba e ninguém se importa) eu odeio qualquer outro tipo de interação social do gênero, então eu te entendo.
    E engraçado, acho que se fosse aqui em Floripa as pessoas te veriam no ônibus e no máximo virariam os olhos pensando "deve ter surgido mais um tipo de hipster e eu não sabia".
    Mas vai, vai, você até que ficou uma caipirinha bem ajeitada poxa.

    ResponderExcluir
  12. Ah, você ficou super gracinha... Eu adorei a expressão "drag queen caipira" hahahah, mas é bem assim... A gente acha que vai passar ilesa disso, mas sempre tem um fdp pra fazer chantagem :(

    ResponderExcluir
  13. hahahaha
    eu já fiz coisas que não queria no colégio por causa de notas também. LOL
    esses trabalhinhos que nos envergonham...ai ai...

    ResponderExcluir
  14. Eu viajo nas Tuas histórias Mia. Sério.
    primeiro: eu sou assim que nem você, odeio festas, e parece que elas só tocam músicas pra me irritar também, trágico. -porque eu tinha de ser tão diferente de todo mundo né- mais me orgulho disso!
    Bom, no final dessa sua história teve uma grande lição néé, eu amei. Muito bom Mia!

    bjãoo viuu
    Formulas Padrões do Coração
    Curta a FanPage

    ResponderExcluir
  15. Fazer carão e manter a pose diante da multidão que tenta te ridicularizar é um ótimo jeito de dar a volta por cima! E eu AMO festas juninas!Nasci logo no comecinho de Junho e são de longe minha comemoração folclórica preferida!

    Mas tambem povinho sem consideração esse do onibus hein? Educação cade?
    Deus que te livre e guarde deles!

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Adorei como você articulou as palavras, para depois compartilhar o seu aprendizado com o leitor. Você consegue transformar temas simples em textos interessantes.

    ResponderExcluir
  17. HSUAHSUAHSUH fazer carão né?
    olha, nem entendi porque riram de você, é época mais ou menos junina ainda, não? '-'

    eu queria ter visto as pintinhas verdes =/

    e vc estava linda, sua drag queen das roças HAHAHA :*

    ResponderExcluir
  18. Eu sempre me vejo nas suas histórias Mia. Bom, no meu caso eu gosto de festas (tipo bailes, festinhas do pijama, festa de hallowen, festa junina, qualquer festividade pra mim tá valendo - só odeio carnaval), mas odeio dançar quadrilha. Acho que tenho trauma de criança, porque quando eu tava na quarta série minha professora que ensaiava as músicas com a gente, disse que eu não tinha jeito pra dança e por isso me colocou de figurante (eu nem tinha par, aparecia no meio da dança carregando uma cestinha). Fiquei meio revoltada e nunca mais dancei. Mas adoro ir pra comer canjica. Enfim, hoje em dia, muita gente diz que eu danço bem e tudo mais (sou um ser retardado com amigos retardados, que se juntam pra dançar, aprendi forró com eles e eles aprenderam a dançar as músicas comuns de balada, que é o estilo em que arraso - ou não).
    Gostei muito da sua atitude. Tem que ignorar mesmo. Outro dia uma mulher veio me xingar no ônibus (isso porque eu raramente ando de ônibus, tipo uma vez a cada dois anos) e eu fiz a mesma coisa. Mas você estava linda de caipira viu? Adorei seu batom, ultimamente estou curtindo cores fortes na boca.
    Credo, acabei fazendo um testamento aqui. O blog tá lindo como sempre. Muito sucesso pra você!

    http://livinhas-place.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu só dancei em festa junina... Não, eu não dancei em festas juninas, não em quadrilha, mas já fui miss simpatia quando criança e já dancei carimbó numa festa junina do colégio na sétima série --' rs Com certeza é bom rirmos de nós mesmos do que ficarmos ressentidos pelos risos provocados em alguns micos que pagamos....Mas nem te achei uma drag queen vestida de festa junina! haha' Juro.

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Originalidade e não pagar pau pra ninguém! Muito bom! =)

    ResponderExcluir
  21. Adorei seu post haha! Muito divertido!
    Eu adoto festa junina (sou cafona), mas não da minha escola, porque é uma merda. Gosto de festas juninas do interior e o principal motivo é comida mesmo. Amo vinho quente, quentão, maçãs do amor, moranguinhos cobertos por chocolate, etc, etc.
    E ano passado também dancei na festa junina porque eu era do "terceirão". Tive que me vestir de caipira mesmo e acabei perdendo meu chapéu e meu sapato na dança. Passei a maior vergonha, mas até que foi legal.

    ResponderExcluir
  22. Quem nunca pagou um mico por nota...nada que uma boa música e assustar os outros cantando que não resolva.

    ResponderExcluir