Da série "aleatoriedades literárias"

Aí o pai chega pra mim e diz:
- Mi, sabe que eu li um livro muito bom sobre uma guria toda ferrada que se mete em várias confusões na vida e tem relacionamentos estranhos, que é super engraçado e tal... e lembrei de ti! Tu deverias lê-lo. É algo como O Diário de alguma coisa Jones.
- O Diário de Bridget Jones, pai?
- É, isso mesmo! Muito bom! Li em duas noites.
- Tu te lembraste de mim ao lê-lo, pai?
- É, porque é muito engraçado e ela é toda atrapalhada. Tu vais gostar.
- **eu fazendo cara de paisagem**

Dois dias depois, (e sim, ele me deu o tal do livro de tanto que gostou) durante o jantar:
- Nossa... tenho que chegar ao menos aos 50 quilos esse ano. Já tô na faixa dos 53, mas é complicadinho isso.
- É, parece até a Jones, do livro, que sempre que consegue emagrecer um pouco, volta tudo e fica gorda novamente.
- Tá me comparando com ela, pai? Tá dizendo que eu não vou conseguir? Porque eu já emagreci 23 quilos, sabe?
- Ah, mas sabe como é... Ela tem problemas emocionais, problemas com a mãe... Fora que ela é louca, ela se autossabota. Isso lembra tu, Mi.
- Mas...
- Problemas emocionais.
- Mas...
- Relacionamentos fracassados.
- Mas...
- Peso variável.
- Mas...
- Ma-lu-ca.
- Thanks, champs!
**saída dramática da mesa de jantar**
Livros, pijama, bagunça e cara de "what the hell" - bem nessa vibe, senhores. 

21 comentários

  1. Exceto pelo problema com o peso, também sou como ela. Acho que todas somos um pouquinho Bridget Jones.

    ResponderExcluir
  2. Eu tinha visto o primeiro diálogo no facebook, heuiheiuhui. Sinceramente, deve ser muito legal conviver com sua família, e mais ainda conviver com sua pessoa XD

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  3. kkkk que situação tensa! Meu pai não lê muito então não corro esse risco ^^

    ResponderExcluir
  4. Nossa Mia, você é tão estranha assim? Hahaha Minha amiga está lendo esse livro, vou pegar emprestado dela! :)
    Ah, que dia é o seu aniversário? <3

    Beijos,
    Mai
    blog-nemteconto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, o blog coisa de garota te indicou para a Campanha de Incentivo a Leitura! :D
    http://www-coisadegarota.blogspot.com.br/2013/01/campanha-de-incentivo-leitura.html

    ResponderExcluir
  6. Vou ter que te confessar que ri bastante com o diálogo! Mas, cá entre nós, todas nós, mulheres, temos um pouco da Bridget em nós (mesmo parte disso ser apenas um pouco drama nosso).

    E seu pai parece ser super divertido!

    ResponderExcluir
  7. Hahah, confesso que eu ri. Fico impressionada com esses casos tão seus, únicos no mundo. Sou sua fã, minha filha.

    ResponderExcluir
  8. Gostei do seu texto.
    Pais têm, as vezes, o costume de bestalhar um pouco. Talvez ele tenha exagerado um pouco nesta janta, poderia ter feito outros tipos de coments; mas, enfins...

    No meu caso, que não tem nada a ver com seu, rolou o seguinte:
    eu, na mesa, aos 13 anos, almoçando com a família... Meu pai era bravo.
    Eu falava os 's' com a língua no meio dos dentes.
    Daí um dia, eu conversando, meu pai me veio com essa meio que ríspido:
    - Você não sabe falar direito não?
    E eu:
    - Eu tenho culpa de ser aleijado?
    Mó silêncio na mesa...

    ResponderExcluir
  9. Meu pai nunca me comparou com nada, nem mesmo com uma melancia. Você tem sorte.

    ResponderExcluir
  10. Tive que rir também, hahaha! Achei divertido o fato do seu pai ler Bridget Jones. Sempre bacana ter pais leitores. Eu e minha mãe sempre trocamos livros e discutimos a respeito.

    Beijo, Mia!

    ResponderExcluir
  11. Haha, você e seus textos divertidos que eu adoro, Mia! Meu pai é o que mais gosta de ler aqui em casa- depois de mim, é claro shaus, mas não são os tipos de livro que eu costumo ler, então acho que ele não vai me comparar com nenhuma personagem maluca... Amei♥
    Ah, e é uma droga esses problemas do Blogger, né? Semana passada eu perdi toda uma postagem sobre livros que eu tinha preparado- tá, tudo bem que teve uma ajuda da minha burrice também, mas o Blogger ajudou...
    Enfim, concordo com você na questão de todos termos esse tal de vazio- só não se atreverem a falar sobre ele.
    Eu tava sentindo falta dos teus comentários lá, dona Mia!
    Beijos♥
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa, asse texto me fez sorrir, ficou muito divertido.
    P.S.: Comparação tensa, rsrs.

    ResponderExcluir
  13. Sensacional! hahahahaha
    tinha visto o primeiro diálogo no seu facebook e seu pai é super engraçado Mia!

    ResponderExcluir
  14. Esses pais. Homens. Sempre esquecendo da nossa idade, quiçá até onde estudamos em qual grau estamos.

    ResponderExcluir
  15. Pais, são pais né. Sempre nos aconselham, falando o que acham que é melhor pra gente. Acredito que na maioria das vezes, eles acertam, mas também, em alguns momentos temos que agir de acordo com o que achamos que nos fará bem. Enfim, sobre o livro, não o li, mas o filme é realmente muito engraçado.

    Obs: Não resisti, tive que rir um pouco sobre essa conversa com o seu pai. (Com todo o respeito).

    ResponderExcluir
  16. Não tem como não dar risada com o seu pai, hahaha. Ele deve ser uma graça. Também achei curioso e lindo o fato dele conhecer Bridget Jones, considerando que eu, por exemplo, não sei nada sobre a história.
    Beijos, Mia.

    ResponderExcluir
  17. hahhahahahahahahahah Sem comentários. Imagino a sua cara saindo da mesa de jantar!

    ResponderExcluir
  18. HAHAHAH que sacana, seu pai!

    Mas a Bridget tinha 30 e poucos anos, você ainda tem 18. Dá tempo de mudar.

    ResponderExcluir
  19. hahahaha Pais são TÃO assim, o meu também tem a sensibilidade emocional de um psicopata. Adorei o post.

    ResponderExcluir
  20. HAHAHAHAHAHA
    AAh, fora de gostar de Angra, tem uma certa "parecência".

    Non me bata. *saindo à francesa*

    ResponderExcluir
  21. Pais, bom são pais, haha. Sempre um pouquinho malucos.
    O lado bom é que a Jones representa um pouco todas as mulheres, é pirada mas super legal, e acima de tudo uma mulher normal com todos os problemas normais.
    Beiijos;)
    http://cartasp-voce.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir