Eu não gamei no Mr. Darcy

Esse deve ser um dos livros mais comentados da história da literatura. Há várias resenhas dele, e sei que seus personagens despertam muito amor na maior parte das menininhas ratas de biblioteca como eu. Porém eu devo dizer que sim, ele é um ótimo livro. E só. Não me despertou emoção alguma, tampouco aquela sensação gostosa de quando a gente lê um livro e se identifica com as personagens, sente as emoções que ali são narradas, torce, chora, ri. Ele é - para mim - apenas um livro bem escrito (e eu estou ciente de que irei ser apedrejada por isso, mas leiam toda a crítica antes de falar algo, ok?).

Para quem ainda não entendeu de qual livro eu falo ao ler o título, eu estou falando do queridinho das românticas de plantão, o tão amado e idolatrado Orgulho e Preconceito, de Jane Austen. Sim, ele é um livro muito bom, bem escrito, com personagens bem articulados e situações cômicas. Tenho certeza de que para a época foi um grande avanço literário, e a história é digna dos sonhos de qualquer menina que deseje se sentir como uma princesa (não que Elizabeth Bennet fosse uma princesa no livro, mas vocês entenderam o que eu quis dizer).
Para quem não conhece a história ou não se lembra direito dela, aí está:

Conta a história das 5 filhas solteiras de Mr. e Mrs. Bennet, após o rico Mr. Bingley e seu amigo Mr. Darcy, terem se instalado nas vizinhanças da sua propriedade. Enquanto Bingley se interessa imediatamente pela mais velha das irmãs Bennet, Jane, Darcy tem dificuldades em se adaptar à sociedade local, e entra em discórdia com a segunda das irmãs, Elizabeth.
É um romance muito bonito, bem estruturado, cheio de preconceitos (como o próprio nome diz) e de muito, muito orgulho, de ambas as partes, é claro (tanto de Elizabeth quanto de Darcy). Elizabeth é uma personagem interessante, e é a que mais me chamou a atenção. O que faz dela uma personagem tão interessante é seu sarcasmo, ironia e um certo "deboche" pela alta sociedade.

Porém o que eu não entendi é o por que de a maior parte das meninas que leem esse livro ficarem apaixonadas pelo Mr. Darcy. Ele é obscuro, orgulhoso, mal fala, guarda tudo para si próprio. Não é algo muito atraente (a não ser para aquelas que gostam de se sentirem inferiores ou desprezadas de certa forma). Sim, sim, no final do livro foi revelado seu "verdadeiro" caráter. Mas de qualquer forma, não há nada de excepcional nesse personagem. De fato, considero o Mr. Bingley muito mais interessante do que Darcy.

Sim, eu gostei do livro. Mas não gamei nele. Para mim, Orgulho e Preconceito nunca será tão bom quanto O Morro dos Ventos Uivantes (de Emily Brontë), e Mr. Darcy nunca terá tanto fascínio quanto Heatchcliff. Porém é um livro que vale a pena ser lido. É uma ótima leitura, ainda mais se você for uma dessas mocinhas românticas que amam amores cheios de empecilhos e água com açúcar (o que não é o meu caso).

O único Mr. Darcy pelo qual que gamei foi quando interpretado por Colin Firth, em 1995 (todos devem assistir a essa minissérie baseada no livro):

Tem como não gamar? 

Pronto. Agora vocês podem apedrejar à vontade. 

22 comentários

  1. Eu tenho esse livro aqui em casa e nunca li... Deve ser por não andar numa vibe muito romântico né hahaaha. Mas digo que entendo as meninas que se apaixonam pelo Mr Darcy: na adolescência eu me apaixonei por Aurélia Camargo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando, that's insane! hahaha
      Mas leia-o: você não vai se arrepender. É uma boa leitura, um livro muito bem escrito e apesar de eu não ter gamado no Darcy ele é um personagem legal. Você vai gostar dele.

      Excluir
  2. Cê acredita que faz tipo uns dois anos que tenho esse livro e ainda não achei o timing certo para lê-lo? Assim, já iniciei a leitura duas vezes e larguei pouco depois dumas 40 páginas. Um tristeza.

    Assisti ao filme (com o Matthew Macfadyen ♥) e posso dizer sim que amei a história e que, de fato, a magia do Mr. Darcy aparece quando ele consegue se abrir para a Lizzie. Sei lá, sou suspeita pra falar porque eu tenho esse magnetismo por homem calado, sabe; e, poxa, enumerando essas características que você falou, não é que meu namorado parece com o Darcy? Oo (só que sem as roupas de época #todoschora).

    Quanto ao Morro dos Ventos...cê já sabe a minha opinião, né...odeio Heathcliff kkkkk

    Só mais uma coisa: Mia, cê gosta de homem mal e vingativo. Tem que ver isso aí, hein? Hahahaha. Brinks. :D

    Beijos =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas no filme ele é melhor do que no livro. hahaha Sério, dá vontade de encher a cara dele de tapas quando se lê o livro.
      Fora que... Matthew MacFadyen, né? É covardia. ♥

      Pois é... eu gosto de anti-heróis, fazer o que? hahaha
      Kissu ;*

      Excluir
  3. Sabe que também não acho o Mr. Darcy tão apaixonante assim? Ok, ele é interessante e, por vezes, a sua indiferença até me fez rir.
    Gostei bastante de "Orgulho e Preconceito", mas li faz muito tempo. Acho que a gente tem que estar no momento para ler esses romances mais históricos, né?

    Com uma coisa concordo: Darcy jamais será tão fascinante quanto Heathcliff! O livro de Emily Brontë é um dos meus preferidos da vida e todo ano digo que vou reler, mas fico adiando.

    Gostei da sua resenha :)

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é um livro daqueles em que a pessoa precisa estar no momento certo para fazer leitura, senão não rola. É um bom livro mas apenas isso.
      O Morro dos Ventos Uivantes também é um de meus preferidos da vida e esse sim me despertou muitas emoções enquanto o li. Vale a pena ser relido, certamente.

      Beijo!

      Excluir
  4. Já assisti quase todos os filmes/séries/adaptações de Orgulho e Preconceito possíveis, mas o livro mesmo, apesar de ter duas versões dele, ainda não li. Eu faço parte das loucas pelo Mr Darcy, e apesar de adorar imagens e frases do tipo "keep calm and find yourself a mr. darcy", a verdade é que se aparecesse um desses na minha vida, na primeira grosseria que ele me dissesse, tomaria um saicu tão grande que provavelmente nunca mais nos falaríamos e o livro não teria mais do que vinte páginas. Alguns personagens podem ser incrivelmente apaixonantes - NAQUELE LIVRO, NAQUELE CONTEXTO E INTERAGINDO COM AQUELES PERSONAGENS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Mareska, nesse ponto concordamos: eu também já assisti a muita coisa referente à obra e acho uma história super legal naquele contexto - já que Lizzie não era muito fácil de lidar também (identificação nervosa) e não havia muitas opções de boys. No entanto se um cara me tratasse assim sairia no mínimo com um vergão de um arranhão profundo no rosto.
      Mas claro que pra história a coisa funcionou bem. Só que eu não gamei - não tem jeito.

      Excluir
  5. Eu entendo que você não tenha gostado do Mr. Darcy (já eu gosto pq adoro um bad boy mau humorado shaushaus). E sim, é um livro extremamente bem escrito, com falas e personagens bem articulados. Mas não concordo quanto ao fato de ter sido um grande avanço "para a época". Se fosse assim não faria tanto sucesso até hoje, eu acho que os livros ainda são revolucionários pq mostram o ser humano e a personalidade de uma maneira bem detalhada, porque Jane Austen era uma observadora fudida né?. Sobre despertar emoções...aí não sei, cada um é cada um né? hsushuashau

    ps: tenho que ler O Morro dos Ventos Uivantes =x

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CLARO QUE FARIA! FARÁ SUCESSO ENQUANTO HOUVER MOCINHAS ROMÂNTICAS E SONHADORAS QUE ADORAM UM "AMOR IMPOSSÍVEL". MAS FOI UM AVANÇO PARA A ÉPOCA EM TERMOS DE: FOI ESCRITO POR UMA MULHER EM UMA ÉPOCA EM QUE HAVIA GRANDE REPRESSÃO QUANTO AS MULHERES E TUDO O QUE SE OUVIA ERAM OPINIÕES DE HOMENS.
      JANE AUSTEN ESCREVEU SOBRE O QUE CONHECEU - E POR ISSO A ESCRITA É TÃO BOA; ALÉM DE SER TALENTOSA ELA NÃO SAIU DO TERRENO CONHECIDO. ESCREVEU SOBRE O QUE ENTENDIA.
      CLARO QUE ISSO DE CAUSAR EMOÇÕES É POR CADA UM, MAS A MIM NÃO CAUSOU NENHUMA. ENFIM.
      LEIA O MORROS DOS VENTOS UIVANTES - CERTAMENTE VOCÊ NÃO SE ARREPENDERÁ.

      Excluir
  6. Eu não conhecia, acho que talvez porque meu habito de ler, acaba deixando muito a desejar pela falta de ter onde comprar livro e afins *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu costumo comprar pelo Submarino. É menos dispendioso. :)

      Excluir
  7. Mia, ontem mesmo eu escrevi um post sobre esse livro. Senti a mesma coisa que você na primeira vez que li e agora, na releitura, entendo exatamente o porquê de todo mundo amar esse livro. Aliás, entrei pro clube das admiradoras. E discordo um pouco sobre se tratar de apenas de uma história de amor 'água com açúcar'. Isso porque, desta vez, reparei demais no sarcasmos presentes na história. Eu estou rindo alto com o livro! E a escrita da Austen é extremamente sofisticada, o que te faz escrever melhor depois da leitura.

    Mas talvez nossos gostos sejam diferentes. Porque eu não gostei NADA do Heathcliff e não achei O Morro dos Ventos Uivantes nada demais, hahaha.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não disse que é apenas uma história água com açúcar. Disse que meninas que gostam de romances água com açúcar certamente gostarão da história.
      Mas sim, nossos gostos são diferentes. :)
      Kissu!

      Excluir
  8. Oi Mia (na intimidade) amei seu blog. depois de navegar na internet por esses blogs cheios de resenhas de produtos e tutoriais de make é muito bom achar alguém que escreve de verdade!!!! Parabéns pelo trabalho e sucesso!!!!!!

    Márcia Peixoto
    www.páginasdecetim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Mia!
    Li O&P há um mês e achei o livro maravilhoso. Mas não pelo romance que eu não acho nem fofo e nem água com açucar. E eu não achei o Darcy essa coisa absurda que dizem por ai não. Claro, um homem muito bom, provavelmente um bom marido pra Lizzie e tudo mais. Acho que chega até a ser um pouco superficial da parte das pessoas em reparar APENAS no ~amor~ dos dois. Lizzie não curtiria isso AUHAUAH Ainda não vi os filmes por motivo de: preguiça de filme de época :P , vi só TLBD mesmo, que amei e me fez comprar o livro pra ler.
    Sobre O Morro Dos Ventos Uivantes: Já li e não gostei tanto quanto achei que eu gostaria. E achei o Heathcliff um doido. Tenho aqui em casa e talvez eu releia em outro momento, porque acredito piamente que cada livro tem o seu momento. Talvez não tenha sido o momento mais apropriado pra ler a história como um todo, embora eu tenha anotado várias frases.

    Sobre a vibe whatever: me sinto assim também, as vezes, nos ultimos tempos e o que tenho a dizer é: não curti, achei ofensivo.

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Não curti, achei ofensivo." resume TODA uma época da minha existência, hahaha!
      Assim: de TLBD eu gostei, assim como gostei da série da BBC, mais ou menos do filme com a Keira (aquela menina NUNCA fecha a boca não? ainda falam que a Kristen Stewart é que sempre tem a mesma expressão; tem que ver isso aí, acho que a magreza condiciona as pessoas a atrofiarem os músculos da face) e whatever. A história é boa mas... não. Não me serve (apesar de que entendo a Lizzie muito bem).
      Wuthering Heights é meu amorzinho literário forever and ever e Heathcliff é um maluco descompensado mesmo ♥

      Beijo, Pam!

      Excluir
  10. Eu só vi o filme (porque não tenho vergonha na cara) e comprei o "Orgulho, Preconceito e Zombies" (porque não tenho MESMO vergonha na cara). Mas nada me cativou, achei a história bem ok também. Não se culpe. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Orgulho, preconceito e zombies" tá super na minha lista! hahaha Imagina o Darcy que já age feito um zombie, todo trabalhado na vibe monocromática de ser, querendo cérebros e reprimindo os instintos em favor da classe social! AI GENTE, muito tri isso. hahaha

      Excluir
  11. Hahaha, Mr. Darcy... Confesso que Jane Austen me conquista
    por sua originalidade em meio a uma época de tantos costumes.
    Não tenho uma queda pelo Mr. Darcy, uma pena. Grande parte das meninas tem porque simboliza realmente como são a maioria dos garotos atuais: calados, na deles, nenhum sinal. Até você teve uma quedinha por ele que eu sei, Mia.hahaha Mas eu curto mais uma badboy na medida, pra mim deveter um pouco de Bukowski, mesmo com todas as consequências que isso poderia me trazer. Jane Austen sempre traz isso em seus romances: amor reprimido. Agora me bateu curiosidade em saber um pouco mais da Jane Austen, mas pelo lado pessoal. hahaha

    Beijos, Arih!

    ResponderExcluir
  12. AI MEU DEUS, NÃO TO ACREDITANDO QUE FINALMENTE LI UM POST DESSES. Concordo em tudo com você. Li primeiro Morro dos Ventos Uivantes e depois Orgulho e Preconceito, acho que por isso não achei grande coisa o segundo. Também não vejo nada no Mr. Darcy e prefiro o Heatcliff e sua loucura toda ♥ Sempre que eu digo isso para a maioria das meninas elas me acham estranha. Nem ligo.

    ResponderExcluir