Casa de Bonecas

Na primeira vez que peguei aquele livro pequeno e marrom em minhas mãos não o entendi muito bem. Achava Nora uma boba por cometer tantos erros com seu marido, por deixar seus filhos, por ser tão estúpida a ponto de achar que alguém faria o "milagre" de se sacrificar por ela. Anos mais tarde e com uma bagagem de relacionamentos falidos e decepções por confiar demais eu finalmente entendi o que Henrik Ibsen quis dizer - e disse - em Casa de Bonecas.

O livro, que na verdade é uma peça teatral, foi inovador para a época, não tão chocante hoje em dia, porém serve como uma leitura deliciosa e rápida, que proporciona um suspense e um envolvimento com suas personagens de uma forma profunda e direta.

A história toda se passa durante três dias da vida da família Helmer. Nora Helmer, esposa de Torvald, se vê em apuros quando Krogstad ameaça contar a seu marido que ela lhe deve uma grande soma em dinheiro e que falsificou uma assinatura para consegui-lo. Nora se encontra em uma situação angustiante e se afoga cada vez mais em mentiras e subterfúgios na tentativa de impedir Torvald de descobrir que ela foi até as últimas consequências para conseguir o dinheiro e salvar o marido - que precisava de um tratamento caro. 

Ibsen, ao escrever Casa de Bonecas, não apenas falou sobre o machismo que havia - e ainda há - na sociedade, mas também naquela coisa de que "a mulher sai da proteção do pai quando se casa e passa para a proteção do marido", ou seja, não passa de uma linda bonequinha. Além de uma leitura encantadora e rápida (levei uma hora para ler o livro), também deveria ser obrigatória para toda menina, mulher ou qualquer pessoa que gosta de escritos que as façam pensar melhor nas coisas. Vale a pena deixar de ser uma bonequinha. E vale a pena ler esse livro.

Em um quote:
Eu acredito que sou um ser humano tanto quanto você, ou ao menos tentarei ser. Sei que a maioria das pessoas concordaria com você, Torvald. E assim dizem os livros.
Mas eu não estou satisfeita com o que a maioria das pessoas diz, nem com o que é dito nos livros. Preciso pensar sozinha sobre essas coisas e descobri-las.

4 comentários

  1. eu fiquei super afim de ler o livro. Vou procurar por ai, obrigada pela dica Mia hahaha <3

    beijos

    •Adorável Rebeldia•

    ResponderExcluir
  2. Ah, se não fossem tuas palavras randômicas no Facebook... Ainda assim senti muita falta do Wink♥ Vou tentar me atualizar, prometo. Não gosto de perder inspirações como as que encontro aqui c=
    Sem sombra de dúvida vou procurar esse livro.
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. UAL adorei seu blog, conteudo muito bom em, ja estou te seguindo, passa aqui pra conhecer o meu e se gostar segue tambem beijos!!
    wwwdetd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante o livro, é uma leitura bem rápida mesmo '-' Mas gosto de livros que me façam refletir sobre algum assunto ><

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir