Será que acordo com um beliscão? (ou: como o fb é um troço dozinfernos)

Acontece que há um mês foi meu aniversário.
Como em todo aniversário, a família estava presente. Bolo vai, salgado vem, tinha o povo que tirava foto. E claro que as fotos mais bonitas foram para o álbum do facebook - porque sim, me deixa. E o que ocorreu após esse maravilhoso evento? Pessoas da igreja que minha família frequenta foram tentar me converter nas fotos, discutir nelas e compartilhá-las apenas para falar mal de mim.


(Update: saí da igreja há uns 4 anos, o povo de lá não está adicionado em minhas redes sociais, porém está nos perfis de irmãos~cunhadas e viram minhas fotos com eles por conta disso, aí se meteram em tudo como sempre porque eu tenho fama de desviada, bruxa, vadia, etc.)


Toda família que se preze, claro, defende os seus.
Menos a minha. Porque o que a minha fez foi dizer "como que você colocou fotos nossas contigo lá? tu é o constrangimento da família, a grande vergonha, ninguém nos respeita na igreja por causa de ti, temos cargo lá, reputação a zelar, tu não tinha esse direito, blablabla". E foi assim que me livrei de mais da metade da família em uma tacada só. No dia do aniversário do meu pai. 5 dias após o meu - sim, me disseram isso dentro de minha casa; muito autocontrole explica por que não arranquei cabelos e dentes alheios.


Um mês se passa e aqui estou eu, tentando não pensar que minha família me rejeita por eu ser o constrangimento, já que não estou na igreja. Aí, passeando pelo facebook da pessoa que diz me amar, vejo algo que me faz mal. (Certas coisas me fazem MUITO mal porque tenho problemas emocionais fortíssimos, sorry) e ao invés de fazer um barraco como poderia ter feito, apenas digo um simples: eca. Só isso. O que a pessoa super compreensiva faz? Diz que "o que os outros vão pensar, que não sei o quê, que isso, porque eu gosto de pessoas, porque não vivo numa bolha que nem tu, porque os outros, porque me falaram isso e aquilo de ti, porque tu isso e aquilo e que vergonha, constrangimento". DE NOVO. E cancela a viagem que seria na semana que vem apenas para me ver.


Muito cansada, sabe?


Minha vida é um looping infinito onde constranjo todos com quem convivo.
Eu não acerto as linhas, as medidas, as coisas. Eu perco um jogo que já estava ganho. Eu sou a vergonha de todos que lidam comigo apenas porque sim. Eu sou um problema existente. Adoram estar comigo desde que seja escondido, que não haja fotos, comentários, nada que os ligue a mim. Porque deuzolivre se alguém falar algo, que vergonha, que constrangimento, como fica a reputação?


Apenas cansada.
Cansada de ser essa pessoa tão errada. Cansada de ser rechaçada por aqueles a quem amo. Cansada de ter feridas abertas o tempo todo por pessoas em quem confio. Cansada de tentar passar mercúrio cromo pra que forme uma cicatriz, porque alguém SEMPRE arranca a casquinha da ferida e ela só fica pior. Já perdi tantos membros que nem sei como ainda caminho.


Só acho que se continuar assim, seria preferível morrer. Se não posso contar nem ao menos com a família, nem com a quem penso me amar, estou fazendo hora extra nesse mundo. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Wink .187 tons de frio.