A eterna polêmica do trabalho em grupo, ou "should I stay or should I go?"

Trabalho em grupo, né.

Nunca dá certo. Todos sabemos. Não sei por que raios os professores insistem em reunir pessoas que, se oportunidade tivessem, jamais olhariam uma pra cara da outra, quiçá trabalhariam juntas. "Treino para a vida real", eles dizem. Mas na vida real eu receberei um salário para tal tortura e poderei me acalmar com o mantra "futuros livros, vestidos rodados e DVDs do Queen e Doctor Who". Na sala de aula eu apenas tenho vontade de sair correndo e gritar "entendam-se com meus advogados".

A pessoa tem uma função. UMA FUNÇÃO. Apenas uma que é pra não sobrecarregar ninguém.

Aí a criatura pega e, após receber instruções claras do professor de que todas as alterações deverão ser escritas e registradas num documento compartilhado por e-mail para que o professor possa saber ao certo quem fez o quê, procura o e-mail do meu namorado (que também vem a ser meu colega) e envia APENAS PARA ELE tudo o que fez e o que pretende fazer.

Nessas horas eu me pergunto: isso é falha na cognição ou falta de tapão?

~Michel me entenderia~ 

No que mando um e-mail sucinto dizendo que ou a pessoa se ajeita e aprende a fazer trabalho em GRUPO (nunca dá certo) ou que faça sozinha.

Aí dizem que sou a briguenta, a malvada, a vilã da história apenas porque GENTE, CONCENTRAÇÃO, FOCO, NADA DE EXCLUSÃO NO GRUPO.
Depois eu digo que não vou com a cara de 98% da humanidade e as pessoas ficam abaladíssimas porque onde já se viu isso, todo mundo é legal, todo mundo é supimpa, tu que é muito mal humorada, Mia. QUEM DERA.

Em duas palavras: dardos tranquilizantes. 

5 comentários

  1. Trabalho em grupo é a prova que professor sofre lavagem cerebral depois que termina a faculdade, apenas.

    ResponderExcluir
  2. Mas que pessoa abusada! Ainda mais se for guria! Como eu conheci meu namorao no trabalho, ás vezes calhava de uma ex abusada dele aparecer na loja e ficar de conversinha NA MINHA FRENTE - literalmente, encostava justo na parte do balcão onde eu tava - e ficava encarando ele... Menina tinha vontade de pular nela! Povo é meio sem noção né? Também detesto trabalho em grupo na faculdade, o que melhora no trampo é que cada um >precisa< fazer sua parte pra ganhar o seu... Então né? Mas ai... Fala sério!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Sabe o que eu fazia na minha epoca de escola? Eu fazia o trabalho sozinho, e dizia pra galera que eu não tinha impressora (o que era mentira), ai eu cobrava 4 reais de cada um, dizendo que era o valor da impressão das paginas.

    Os trabalhos ficavam perfeitos, sempre tirávamos notas boas neles e eu ainda ganhava uma graninha hehehe, eles achavam que eu era o otário que fazia tudo, mas na verdade os otários eram eles XD

    ResponderExcluir
  4. Mia, relaxa!
    Não lembro se já comentei, se não vai de novo!
    Eu sou a pessoa que mais fez trabalhos em grupo, sozinha, da face da terra. Desde os meus oito anos (clichê) eu perguntava: Prof da para fazer sozinha? Coma quela carinha de gato de botas, eu conseguia, e vou te contar, eram os melhores trabalhos da turma!!

    ResponderExcluir
  5. também acho trabalhos em grupo uma chatice...isso é só para o professor ter menos trabalho para corrigir. Mas o pior é quando eles inventam de escolher os grupos! uma vez me colocaram num grupo de pessoas que eu realmente não ia com a cara, e me neguei a participar do trabalho, questionando a professora que me deu essa mesma ladainha "pq é importante trabalhar em grupo, pq no mercado de trabalho, ninguém trabalha sozinho, é preciso desenvolver o trabalho em equipe"...aí eu disse a ela: mas numa empresa, eu vou trabalhar com pessoas que escolheram a mesma área que eu (isso, foi na época da escola), estaremos em mais sintonia, e todos lá desenvolverão o trabalho no mesmo ambiente, sob os mesmo horários...quando estávamos na escola, cada um tinha um horário disponível diferente, e cada um queria fazer do seu jeito. isso vale para a faculdade também, lá, cada um tem seu horário, trabalha em local diferente...

    ResponderExcluir