Da série "is this the real life? is this just fantasy?"

Cheguei à faculdade cansadíssima (todo mundo aqui já sabe da minha rotina anormal de ficar 20h por dia estudando/trabalhando, né? ótimo) e, como ainda tinha alguns minutinhos de sobra, sentei num banco, sob a sombra de uma árvore, e fiquei tomando uma água e curtindo uma vibe ~modo sono operante~, quando ouvi o seguinte diálogo:

— Mas tu sabe que eu gosto MESMO é de homem.
— Tem certeza? Não quer experimentar uma mulher?

Nisso, fiz a Reagan e dei aquela virada de cabeça pra ver de onde vinha aquela conversa peculiar quando me deparei com uma cena insólita: no banco atrás do meu havia 2 senhorinhas freiras conversando. E ELAS CONTINUARAM COM ESSE PAPO ENQUANTO EU OLHAVA E ESFREGAVA OS OLHINHOS PORQUE NÃO É POSSÍVEL, GENTE.

~alegrando-se no senhor~ 

Para completar a cena, uma fruta dura (não sei o que era, não me perguntem) caiu na minha cabeça, me acordando do transe no qual havia entrado porque SENHORINHAS FREIRAS, HELLO.
Poc.

Saí de lá antes que me chamassem pra o papo.
Medo dessas freiras. 

2 comentários:

 
Wink .187 tons de frio.