O semestre nem começou e já estou cansada

Hoje foi o dia de fazer as rematrículas.
Como vocês sabem, eu faço 2 cursos - porque sanidade mental é algo inexistente por aqui e eu adoro me autossabotar, como meu histórico de postagens pode confirmar. Semestre passado cursei 14 disciplinas ao todo, e isso quase me matou, apesar de eu ter passado com média 10. Eu estudava dia e noite, literalmente, e comecei a desenvolver fortes dores de estômago porque eu sou uma pessoa obcecada, eu PRECISO tirar boas notas, eu PRECISO aprender direito as coisas, eu PRECISO fazer tudo com perfeição. Consegui? Consegui. Tirei notas maravilhindas, ganhei muitos elogios, assim como fiz desafetos pelo caminho (fica pra outro post que, ai, preguiça), mas o fato é que: provei a mim mesma que era capaz.

Pois bem. Aí que decidi cursar menos disciplinas neste semestre.
No entanto (little did she know), levei um baita susto quando, ao abrir o Portal do Aluno hoje para montar a minha grade de horários, me deparei com: 17 DISCIPLINAS AO TODO.

*_* 

Não rola, gente, não tem como. O horário para cursá-las todas eu até teria, mas não arranjaria tempo para: 
a. estudar para provas; 
b. escrever os trabalhos vindouros (que professor de faculdade ADORA passar aqueles trabalhos horrorosos com apresentações em power point, né? ninguém aprende nada, todo mundo fica com aquela cara de bocó olhando pra o infinito, mas o professor fica super feliz e satisfeito com as ~tecnologias~ usadas a favor do ensino, blablabla); 
c. comer; 
d. dormir; 
e. viver; 
f. fazer pesquisa em escola pra o projeto de iniciação científica em que trabalho e escrever um artigo sobre isso. 

Ou seja: diminuí 6 disciplinas do semestre atual porque não há formas de cursar 17 ao todo e manter a minha tão linda inexistente sanidade mental que é firmada por umas cinco voltas de fita crepe. 

Mas então me perguntaram quantas disciplinas eu farei. Expliquei todo o blablabla, que farei 11 porque não há condições de eu fazer as 17 neste semestre, enfim. Aí a pessoa me diz: 
— SÓ VAI FAZER ISSO? AI, DEIXA DE PREGUIÇA. 


Passado o momento Emma Swan, savior of the fairy tales, respirei fundo e avaliei: eu poderia fazer mais alguma sem me prejudicar demais no processo? 
E foi aí que me deparei com uma revelação aterradora: DISCIPLINAS DO DEMÔNIO ME ESPERAM. 

Disciplina do demônio 1: Ed. Física
Eu passei a minha vida inteira fugindo da Ed. Física por motivos simples de: odeio ser obrigada a ficar correndo pra lá e pra cá sem objetivo algum, odeio dar saltos em cima de varas e cair toda estrambelhada no chão, odeio jogar futebol e vôlei. Do que eu gosto? Basquete. Mas sou baixinha demais pra isso. 

Um dos maiores alívios em concluir o Ensino Médio foi saber que eu jamais teria Ed. Física novamente (um dos, porque o maior mesmo foi me livrar de Matemática, mas ledo engano: semestre que vem terei Matemática I, socorro). Aí chego na faculdade e descubro que, dentre todos os cursos que eu poderia escolher, fui escolher um dos únicos que tem como disciplina Ed. Física. 

Tem gente que adora essa coisa de usar leggings, aqueles tênis horrorosos com molas, toda aquela agitação, suor e alegria. O HORROR, O INFERNO, se querem saber a minha visão da coisa. E eu terei ~apenas~ 4h disso todas as terças-feiras, direto. :) 

Minha vida, um eterno estar na 8ª série sofrendo pelas aulas de Ed. Física. 

Disciplina do demônio 2: Artes Visuais
Semestre passado eu fiz uma disciplina no curso de Biblioteconomia chamada Preservação e restauração II. Pois bem, essa disciplina consistia, basicamente, em aprender a fazer capas, limpar propriamente e costurar livros, com algumas aulas sobre confecção de folhas de guarda marmorizadas. Enfim, nós aprendíamos a confeccionar um livro, literalmente. 

Consertamos vários livros, refizemos capas, preenchemos folhas rasgadas... Mas um dos trabalhos principais consistia em fazer um livro: capa, folha de guarda, miolo, costuras... Tudo. A turma não era lá muito grande, mas enchia o laboratório, e pode-se dizer que todo mundo acertou de primeira a feitura de seu livro. Menos eu. Eu tive de refazer o maldito livro TRÊS VEZES porque minhas habilidades manuais são nulas. 

Essa foi a única disciplina, dentre as 14, em que tirei uma nota relativamente baixa. Isso porque, nas palavras da própria professora: "Mia, eu vou te dar essa nota pra ti passar porque dá pra ver que tu tem todo o conhecimento e saberia explicar, ensinar o conteúdo pra alguém perfeitamente. Mas tu não sabe fazer. Dá pra ver que tu te esforça e melhorou muito, mas tem que praticar mais.". Ou seja: eu sou terrível nisso. De verdade, gente. Gabaritei a prova, mas meus trabalhos manuais, ai, que tristeza. 

De modos que posso facilmente concluir que essa será uma longa disciplina neste semestre. Artes visuais para uma pessoa que não consegue nem costurar, nem ao menos usar uma régua, nem cortar e colar uma folha de guarda sem fazer tudo errado? FAIL. 

Disciplina do demônio 3: Tecnologias da informação e comunicação
Eu sou uma pessoa que detesta celular. 
Tenho horror a touch-screen. Não porque não saiba mexer, apenas por não gostar mesmo. As pessoas que me conheceram de uns 2 anos pra cá têm dificuldade em acreditar que eu sou formada em Web Design, Design Gráfico e Banco de Dados. Olha, eu sou. E entendo de edição de imagens, de CSS, de HTML, de SQL... Enfim, eu sou formada nessas coisas e até entendo. MAS ODEIO. Saí dessa área justamente por pensar o seguinte: quero passar anos da minha vida na frente de códigos, lidando com tecnologias e afastada do contato humano (hahahaha, que piada, migos)? Não, não quero. 

Quando saí do mundo das tecnologias meio que deletei os conhecimentos que tinha. Foi traumático aprender tudo aquilo. Se eu ainda sei das coisas? Até sei, mas prefiro não acessar tais memórias porque elas estão vinculadas com um monte de situações bizarras e uma pessoa que eu não sou mais. Aí tudo bem porque, poxa vida, vou ser professora infantil, não terei mais de lidar com isso. SE FERROU, GATINHA. Tem que lidar, sim, tem que aprender as tecnologias, sim, tem que lembrar trocentos mil eventos traumáticos, sim. Bora, ânimo!

Para que vocês tenham noção, estou desde o começo do ano com o celular estragado. Ele não tocava mais música, não tirava mais foto, não funcionava mais a conexão USB... Enfim, o coitado tava todo estropiado. Mas ainda tinha suas funções básicas: receber chamadas e tocar o despertador.

Como eu não sou uma pessoa afeiçoada a tecnologias, dei uma pesquisada em celulares e concluí que: enquanto estiver funcionando pra coisas básicas, continuarei com o meu (de anos, porque eita celular que durou!). Dia desses vi uma menina comentando que começou a ler e-books pelo simples fato de que na sociedade atual é muito mais aceitável ficar com a cara grudada no celular no meio das pessoas do que ler um livro físico, afinal, as pessoas consideram falta de educação ler coisas na frente delas ao invés de desfrutar de sua companhia, mas acham super aceitável ler coisas NO CELULAR, ficar com a cara grudada no celular, estar numa roda de amigos e mesmo assim se preocupar mais com o whatsapp e fb. Enfim: a realidade tecnológica dos dias de hoje. Eu fujo de tudo isso.

Mas aí o meu celular, semana passada, morreu de vez e agora nem ao menos TOCA mais. Visto que serei obrigada a arranjar um outro até a metade deste semestre. Porém, meio que me recuso veementemente porque detesto o que a maluquice tecnológica fez com as nossas vidas: agora é tudo no virtual e isso me incomoda profundamente.

'Cês entenderam como me será um saco estar numa aula sobre tecnologias? Pois é. 
Eu não consigo imaginar essa aula indo bem. Mas esforçar-me-ei (mesóclise é afrodisíaco).

De forma que: não, não dá pra fazer mais disciplinas além das que farei. Porque eu só mencionei as 3 disciplinas do demônio da graduação, nem falei das do curso técnico. PERCEBAM.


Mas, em compensação, terei disciplinas lindas como: Contação de histórias, Leitura de autores modernos e Linguística.

Eu posso me ferrar lindamente tentando adquirir habilidades que eu não tenho nas disciplinas do demônio, mas em contrapartida as outras serão lindas e revigorantes. ♥ 

9 comentários:

  1. Por que raios Educação Física? Hahaha! Bom, eu tive que ter aula de Religião na faculdade (aprendi sobre Budismo? NOOOOPE. Maldita instituição católica) e foi a disciplina em que mais tomei café estudando pra outras cadeiras em vez de saber sobre.... sobre o que, mesmo?
    Enfim.
    Olha, vou te dizer uma coisa, eu nunca fui boa em nenhum esporte, não sabia nem dançar sem parecer uma pata choca, mas com um pouco (um pouco mesmo) de calma e concentração básica, consegui manjar dos paranauê pra correr, fazer gol e rebater saque de vôlei.
    Mas foi ouvindo Eldorado por horas que aprendi a dançar do Tchan pra esfregar a bunda da cara das colegas que riram de mim.
    Então se aquelas cadeiras são demoníacas, essa visão é porque existe um lençol com a cara do capiroto estampada nele.

    E saiba que nada pode ser pior do que Direito Administrativo e Tributário, viu! Heheheh

    ResponderExcluir
  2. Olás! Cheguei no seu blog por link em outro blog, que conheci clicando na indicação de outro blog e por aí vai...

    Anyways, só queria dizer que te entendo. <3 Eu sempre gostei de ~tecnologias e até queria estudar isso na faculdade, mas hoje agradeço que não. Não tenho mais paciência pras modernidades e até tento ter whatsapp, mas gente, pra quê?

    Estou virando Avó da Internet.

    ResponderExcluir
  3. Ed. Física? Na faculdade? Omg que pesadelo. Isso pra mim seria desistência do curso com ctz D:

    ResponderExcluir
  4. Mas gente... educação física? OI? Que bizarro!
    Não posso falar muito das outras duas porque amo artes visuais e AI MEU DEUS EU QUERIA TER APRENDIDO A CONFECCIONAR UM LIVRO MANUALMENTE NA FACULDADE! Acho incrívei e <3 e ao contrário de ti eu sou um bichinho da tecnologia e amo, e vivo querendo comprar mil e uma coisas tecnológicas das quais nem preciso só porque elas briilham ou tem uma função ou outra que eu achei muito legal, sou dessas haha

    Mas boa sorte Mia, espero que tu consiga tudo e não sofra um colapso nervoso!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Você falou em livros? Moça, eu estou doida para o ano que vem ter uma overdose de cursos de encadernação, restauração e conservação de papéis. Isso me encanta de uma maneira que pretendo usar apostilas da antiga faculdade como cobaias e encadernar tudinho *-*

    Educação física, eu sempre literalmente fugia na escola. Eu to bem triste™ por você!

    Beijo e bom semestre.

    ResponderExcluir
  6. Você faz Pedagogia também? Que amor! ♥

    Educação física está para você como estatística esteve para mim, dá vontade de morrer.
    Beijos e boa sorte!

    www.escrevicomflor.com

    ResponderExcluir
  7. Mia, começando pela parte boa, linguística é amor <3 ... sabe, amo esse teu "perfeccionismo", eu admito que sou mais preguiçosa do que perfeccionista, não me orgulho disso, mas ainda é tempo de mudar e tu me inspira \o\ ... Sobre coisas ruins, realmente, NINGUÉM merece Educaçao Física .-. , mas tu vai sobreviver (esperamos uhehehu) ... bjs e boa sorte

    ResponderExcluir
  8. Mia, você é linda! haha Adorei esse lugar e já entrou pra minha barra de favoritos <3
    Primeiro: você faz Pedagogia e isso é lindo, é meu sonho, tô morrendo pra fazer o TCC do curso de Gestão de Turismo e poder vooooooooar pra Pedagogia logo!
    Segundo: Compartilho da mesma dificuldade (vamos tratar assim) em ter habilidade com artes manuais, hahaha. *bate aqui*
    Menina, te admiro por fazer dois cursos e desejo que seja tudo muito lindo pra você!
    Força pra nós!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Sobre as aulas de educação física/matemática: me abraça. ♥ I KNOW THAT FEEL :( Boa sorte nesse novo semestre, flor! Beijão :*

    ResponderExcluir

 
Wink .187 tons de frio.