I'm in love with my bed

Todos me amam, até quem finge não amar. Proporciono tudo aquilo que uma pessoa pode querer: conforto, calor, intimidade e vontade de permanecer. Tenho histórias para contar. Todas elas envolvem pele, secreções e ruídos. Me usam com frequência, mas sempre me deixam desarrumada. Apesar de eu gostar disso: o caos é o meu domínio.Não tenho começo ou fim. Sirvo para o prazer, para o sono e a insônia também. Atendo aos quereres humanos desde que atendam aos meus. Mal sabem eles que me alimento de seus cansaços. É uma relação simbiótica, todos se beneficiam. Se soubessem, isso jamais funcionaria. 

Este texto faz parte de um projetinho fofo do GSB baseado em Fangirl, da Rainbow Rowell, que consiste basicamente em a cada domingo escrever sobre um tema específico inspirado no livrinho. O tema de hoje foi Cem palavras na perspectiva de um objeto inanimado

6 comentários

  1. Eu amo várias camas, inclusive as de hotel!

    ResponderExcluir
  2. Perfeito esse texto! Ah, se minha cama soubesse todo o amor que sinto por ela! <3
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  3. Eu e minha cama: único relacionamento que deu certo nessa vida até agora (risos).

    ResponderExcluir
  4. CAMA sua linda, eu moraria em você ❤
    Tô adorando acompanhar os posts desse desafio!

    ResponderExcluir