O ano da graça de 2015

Passou e nem senti.

Mas estamos a uma semana do Natal, John Lennon canta loucamente em minha mente seu and so it's Christmas, and what have you done?, para o qual só posso responder que: OLHA, JOHNNY, ME FERREI MUITO, MAS FOI DIVERTIDO. Foi um ano bom. 

"COMASSIM FOI UM ANO BOM, SUA LOUCA?" 

Foi bom, sim, ué. Claro que financeiramente foi uma droga, engordei 10 quilos e isso certamente ferrou com meu guarda-roupa, mas em termos de estudo, trabalho e relações interpessoais o ano foi ótimo. 2015 me deu vários tapas na cara, mas me recuperei de todos e posso até dizer que cresci um pouco. ~lagriminhas emocionadas~

Dito isso, bora fazer retrospectiva do GSB! ♥ 


1. Série - The Big Bang Theory 

Gostaria muito de colocar Doctor Who nesta categoria, mas estaria mentindo se dissesse que ela foi a melhor série do ano, e isso por motivos de: Moffat aloprando loucamente no roteiro. Porém, 2015 foi o ano em que descobri TBBT e, claro, não posso dizer que a série substituiu HIMYM na minha vida - nada substituirá -, mas digamos que ela tem feito um bom trabalho. 

Um bando de nerds fazendo nerdices com diálogos cheios de referências pop - e algumas até mesmo bem obscuras: não tem como eu não amar. ♥ 


2. Livro - Cem anos de solidão 

Eu poderia colocar alguns outros livros aqui. 2015 foi um ano repleto de boas leituras. Mas sem dúvida alguma a melhor delas foi Cem anos de solidão, do Gabo - que, por sinal, tem resenha aqui. Devorei o livro em três dias e só demorei tudo isso porque tava cheia de trabalhos e em final de semestre. 

O livro, além de ter uma história incrível que conta os cem anos da família Buendía e ser recheado de realismo fantástico, tem simplesmente o melhor final de todos os livros que já li até hoje. O MELHOR. Quando li aquele final - especificamente o último parágrafo - simplesmente tive de relê-lo mais algumas vezes. Melhor livrinho. ♥ 

3. Filme - The Rocky Horror Picture Show 

MELHOR.FILMINHO.EVER. Se você não viu este filme ainda, corra agora e trate de vê-lo simplesmente porque é sensacional. 40 anos de existência e continua sendo maravilhoso. 

Travesti do espaço que veio pra terra pra ser uma espécie de Dr. Frankenstein e construir pra si um loiro alto, bronzeado e musculoso pra satisfazer seus desejos quando, do mais absoluto nada, aparece um casalzinho tipicamente americano e a coisa desanda. Tudo com muitas músicas incríveis, atuações maravilhosas e o melhor senso de humor numa vibe aquário-escorpião que existe. 


4. Banda - The Beatles 

Eu sempre gostei de Beatles, mas este ano eu realmente extrapolei. Ouvi todos os álbuns em looping, cantarolei alto, cantarolei baixinho, tomei o álbum Revolver como um dos melhores da vida e trilha sonora da minha sitcom pessoal. 

E, sim, Queen continua sendo a minha banda preferida, mas deixa eu dizer que Beatles vem logo em seguida e embalou meu 2015. 

~os reis do iê-iê-iê~

5. CD - Extraordinary Machine

2015 também foi o ano em que descobri a dona Fiona Apple. Me apaixonei pelo álbum por conta da capa. Estava numa noite vibe errada - que poderia, sinceramente, ser qualquer noite da minha vida - e, tentando encontrar uma trilha sonora pra terminar um trabalho de História da Educação, achei esse álbum maravilhoso que tem um tom deprê e cômico em suas músicas. Não o ouvi muito durante o ano, mas o escutei mais de 5 vezes naquela noite. Portanto, configura como o cd - álbum - do ano. 

If there was a better way to go then it would find me
I can't help it the road just rolls out behind me
Be kind to me or treat me mean
I make the most of it I'm an extraordinary machine


6. Música - On the radio 
Regininha Spektor, musa do meu coração. ♥ Ouço essa música diariamente porque não há possibilidade de ter um dia ruim ouvindo essa belezura. 
7. Blog - Milarga 
Eu realmente poderia colocar mais de quinze blogs aqui porque, caramba, tenho muitos blogs favoritados no coração e no blogroll. Conheci blogs maravilhosos este ano, de meninas incríveis, fizemos um grupo de suporte bloguístico ♥ e estamos aí, cada vez divando mais. Porém, tem um blog com o qual muito me identifico e que chega a dar um medinho porque é como se fosse aquela coisa de fantasma do Natal futuro, e esse é o blog da Vanessa. Prevejo que serei ela daqui a alguns anos. Aguardem. 
8. Texto em blog - Oblíqua e dissimulada 
Salvei alguns textos de blogs dazamigas durante o ano - que ano maravilhoso e que BEDA incrível que só proporcionou textos-amor! Mas lembrei de um texto da Vanessa - de novo, hahahaha - que realmente definiu tudo o que penso sobre essa polêmica de "a Capitu traiu ou não traiu o Bentinho?". Indiquei esse texto pra tantas pessoas que colocar outro no lugar dele seria quase que uma mentira já que realmente dona Vanessa tocou num ponto muito importante pra mim - Capitu. 
9. Vídeo - Preconceito literário 
Serei cara dura e colocarei o meu vídeo aqui porque sim. Não sou leonina, mas deveria sê-lo, porque tenho o ego de uma. ;* 

10. Jogo - HAHAHAHAHANO 
Nem Candy Crush eu consegui parar pra jogar neste atribulado ano em que me virei em dois cursos + estágio. Que o fará algum jogo "de verdade". 
11. Personagem mais gamante - Ichabod Crane 
Sotaque britânico. Morreu há séculos, mas retornou. Tem memória eidética e os olhos verdes mais incríveis das séries - sorry, Winchester brothers. O melhor cabelo. A postura. E ainda por cima entende de história, mitos, lendas e como se vestir. ICHABOD CRANE, MELHOR PESSOA DAS SÉRIES. Assistiria Sleepy Hollow mesmo que fosse ruim só por conta dessa pessoinha incrível. ♥ 
~L'Oréal, porque você vale muito~ 

E este post levou mais de uma semana pra ser escrito por motivos de: Spotify. Coloco uma playlist pra escrever e entro num mundo onde Shania Twain governa com seu Man! I feel like a woman. 

1. Série - Jessica Jones 

'Cês querem quebrar a minha cara agora, eu sei. Mas realmente não gostei da série. Sim, eu entendi a série. Sim, eu entendi a história. Sim, eu entendi a heroína e a superação. Mas não, eu não gostei. Poderia ter sido muito melhor feita, realmente. Porém: David Tennant = ♥ 
2. Livro - Entrevista com o vampiro 
Eu sei que a maioria das pessoas realmente seria capaz de me dar uns tapas na cara por conta disso, mas QUE LIVRO HORRÍVEL. Louis é a personagem mais mimimi de todos os livros que já li até hoje. Bella mimimi? Nada. Ela é um amor de pessoa perto de Louis. Minha vontade é de bater na cara dele com uma machadinha até ele parar de mimimizar tudo. Lestat melhor personagem. ♥ Cláudia, um saco.  Louis, o pior de todos. 
3. Filme - Mad Max 
QUE FILME RUUUUUUUUUUUIM. Tirando os efeitos especiais e as maquiagens pesadíssimas, o que sobra? Basicamente nada. Eles tinham uma baita oportunidade de roteiro, de explorar um monte de coisas, mas fizeram apenas mais um filme que arrasa nos efeitos e que apenas delineia personagens realmente interessantes que poderiam fazer TÃO MAIS, mas que acabaram se perdendo na poeira - literalmente. 
4. Banda - ??????? 
Não ouço bandas ruins. Se ouço uma música e já não gosto, por que ouviria mais músicas ainda daquela banda? Não faz sentido. 
5. CD - ??????? 
Mesma coisa. 
6. Música - ???????? 
Qualquer uma que tenha ouvido por obrigação, tipo os funks dos vizinhos ("funk é bom e libertador, tu que tá bancando a elitista ao dizer que não gosta"; FUNK É UMA DROGA, MEU AMOR, não considero nem música, só me dá dor de cabeça - literalmente -, tô nem aí se tá na moda considerar isso bom, viste?) e essas cantoras estranhas que parecem que estão gritando durante um orgasmo ao invés de cantar. 
7. Blog - qualquer medium por aí 
Porque agora não basta ter blog, não. Pra ser levado a sério tem que fazer textão no medium. Que preguiça disso, hein. 
8. Texto em blog - HAHAHAHAHA 
2015 produziu MUITOS textos ruins, textos verdadeiramente dignos de um facepalm House style, tão ruins que me recuso a compartilhá-los por aqui. :) 
9. Vídeo - ?????????? 
Mesma coisa. 
10. Jogo - HAHAHAHAHAHA 
Poderia dizer que o pior dos jogos em 2015 foi o quanto as pessoas me enchem o saco com isso? Sim? Pois então. Eu mal tenho tempo pra comer e as pessoas enchendo o saco porque "o jogo tal é isso e aquilo, tu precisa jogar". MEU AMOR, dois cursos ao mesmo tempo + estágio + todo o meu lazer que está concentrado em livros e séries. OU SEJA: fail. 
11. Personagem menos gamante - Ashildr/Me 
COMO EU ODEIO A ARYA IMORTAL!!!!!!!!!!!!!!!! A pior coisa que fizeram em Doctor Who neste ano foi colocarem a Arya no elenco e torná-la imortal. Tudo pra que a impertinência dela resultasse na morte de uma das minhas personagens preferidas e, não contentes com isso, fizessem com que ela tivesse um plot quase twist no final e saísse a bailar pelo universo. FAIL, SO MUCH FAIL. 
~sim, tu és um floquinho de luz único no universo, porque ninguém mais esteve sozinha, nem mesmo o Doctor, claro, isso faz todo o sentido, que ser especial tu és, uhul~ 


E agora licença, que o namorado já vai chegar pra me levar pra casa dele onde farei o meu doce de Natal e falharei miseravelmente no processo de decoração. 

Feliz Natal! ;* 

11 comentários

  1. tô confusa com Aria em Dr Who e vc não gostou de Jessica Jones e ai meus esse ano que que tá contesenu mas:

    DAVID TENNANT.

    acho que podemos resumir 2015 da graça de deus à David Tennant <3

    ResponderExcluir
  2. Eu vou ter que me abster de comentar sobre TBBT, mas posso comentar o resto, né?
    Tenho muita vontade de ler Cem Anos de Solidão, em compensação tenho 0 vontade de ler Entrevista com o Vampiro, embora eu tenha ele porque ganhei de presente, hahah.
    Preciso assistir Rocky Horror e adorei Mad Max (sóri ♥).
    Agora... Pqp, o blog da Vanessa, socorro. <333 Conheci ele graças a ti e eu A M O o jeito que ela escreve, sério. O negócio flui demais e é mega divertido. Adoro. Amo. Recomendo etc e tal.
    Poxa, mas mas mas JJ, comassim. :((
    "Texto em blog - HAHAHAHAHA" poderíamos catar aqueles quantos que postaram no GSB sobre cagação de regra sobre blogagem DE RAIZ? Riariariaria. Vou ficar quieta.
    Agora preciso ver Doctor Who pra entender a última referência.

    Mia querida, boas festas, feliz natal, 'brigada por 2015 e por ser +qd+. Em 2016 é nós no BEDA de novo, né? HAHAHAHAHA

    Beijão!

    Obs.: preciso fazer o meu post do GSB!!!11!!ONZE!!!

    ResponderExcluir
  3. Parabens diroi o blig, galeraaa

    ResponderExcluir
  4. Eu gostava de TBBT, mas só vi até a quinta temporada mais ou menos, depois acabei cansando... Ao contrário de HIMYM que assisti até o fim (apesar de não ter gostado do final também) Hahahahahaha

    Cem anos de solidão está na estante de casa desde antes de eu nascer HAHAHAHA mas ainda não li sei lá por que! Mas agora você me deu um incentivo pra entrar de cara naquele livro (assim que eu terminar algumas outras leituras que estão na lista).

    The Rocky Horror Picture Show é demás! E Beatles não tem nem comentários né <3 COMO ASSIM SUA BANDA PREFERIDA É QUEEN? A MINHA TAMBÉM! Aliás, não sei como tem gente que consegue desgostar dessa perfeição criada pelos deuses!

    E adorei On the radio! Que música gostosinha de ouvir, gente! Ichabod Crane é realmente um personagem fodástico *-*

    HHAHAAHHA funk é esgoto mesmo, não sei como tem gente que consegue ouvir essa diarréia de barulho.

    Arya em Doctor Who? Whaaaaaat? Eu nem assisto Doctor Who, mas fiquei confusa.

    Enfim, feliz nataaaal! ;*

    ResponderExcluir
  5. Não li tudo mas: MEU DEUS COMO VOCÊ É AQUARIANA, JESUS.
    Não gosta de Jessica Jones, reclama de textão no medium, AFF MOÇA CONTROLA ESSA REBELDIA LÇMASLDMASLÇDM

    (juro que comento direito quanto estiver com tempo, haha)

    ResponderExcluir
  6. Mia! Estou tão em débito contigo na parte de te mimar e tal, que eu espero que você me perdoe e entenda que meu problema é pura preguiça, porque sempre te leio pelo Feedly.

    The Big Bang Theory é um seriado que comecei a acompanhar quando estava na segunda temporada e amei. Mas com o tempo foi ficando esgotada de assunto para abordar e fazer piada, sabe? E eles acabaram caindo numa pilha de clichês. Ainda assim, gosto muito do Sheldon e da amizade dele com a Penny e pretendo retomar a série em breve. Cem Anos de Soidão e O Sol é para Todos são dois dos livros que você resenhou aqui que estão na minha lista de 2016! Espero não falhar com eles e gostar o tanto que você gostou, tenho altas expectativas, heh. Agora Rocky Horror = <3333. Eu até entendo que tenha gente que não conheça e nunca tenha visto, mas não aceito! Lembro que a primeira vez que assisti ao filme, ficava surpreendida a cada cena, porque era tanta coisa nonsense que no fim fiquei me perguntando whatta hell did I just watch. Mas depois de ruminar esse musical, entrou pra minha lista dos favoritos. Que trilha sonora fantástica. Dá até vontade de fazer o Time Warp again. ;) (E vi no twitter que você assistiu Donnie Darko recentemente. E aí gostou?)

    Agora sobre os piores do ano: eu curti Jessica Jones, apesar de normalmente não gostar de séries/filmes de super heróis. Talvez terem colocado uma mulher como protagonista e o David Tennant como vilão tenham feito toda a diferença. E só o nome da Anne Rice me dá mixed feelings. Nunca li um livro dela, apesar de muitos a considerarem uma ótima escritora. Sei lá, de repente estou de saco cheio de livros sobre criaturas sobrenaturais? Imagino que muita gente queira debater contigo por isso, mas gosto não se discute e tá tudo bem (como você mesma diz).

    Enfim, que ano que vem a gente tenha mais amor na blogosfera e menos cagação de regra. E que o GSB continue firme e forte, etc. :)

    Beijinhos, Mia! Boas festas. <3

    ResponderExcluir
  7. Comentando direitinho agora: Eu curti TANTO essa temporada de DW que cê não tem noção. Claro, Moffat sempre faz umas cagadinhas aqui e ali, mas acredito que todo showrunner faz isso, então eu perdoo. HAHAH.

    Cem Anos de Solidão é o livro favorito da minha mãe. Tá na minha listinha de livros pra ler antes de morrer, mas sabe... Essa lista só aumenta. HAUHAUAHUA.

    Eu não creio que cê colocou The Rocky Horror Picture Show como o melhor do ano. Só você, mesmo. (não desmerecendo o filme, é 10/10, mas o melhor do ano? gentchy, que que cê anda assistindo? UHAUAHAU)

    Não assisti Mad Max, então nem posso falar nada, mas só ouvi falar bem. Certamente vou assistir com um olhar crítico, mas espero não me decepcionar tanto. :(

    Eu não consigo odiar a Me. :(
    Ela fez coisa errada? Fez. Ela cagou com tudo? Sim. Mas não consigo odiá-la. Porque eu amo a Maisie Williams. Se não fosse ela, eu provavelmente iria odiar a personagem. Mas não. A Maisie tinha que conquistar meu coração. UHAUAHAUHA

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Finalmente alguém que entende o que eu senti com Jessica Jones! Me abraça

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
  9. MIGA ME ABRAÇA PORQUE EU TAMBÉM NÃO GOSTEI DE JESSICA JONES E ESTAVA ME SENTINDO A ESQUISITA PORQUE TODO MUNDO DECLARA AMOR ETERNO AMOR VERDADEIRO PRA SÉRIE E EU, ???

    Só discordo do Tennant porque o acho blergh, DSCLP SOCIEDADE.

    ResponderExcluir
  10. Ayooo~ Acho que você nem lembra quem eu sou ASHUAHSAUH XD Desculpe a demora para comentar por aqui >.< Mas não podia deixar de comentar esse post lindo ♥

    2015 pra mim definitivamente não foi bom >: Mas ainda bem que foi bom pra ti, de gente sofrendo o ano inteiro já basta eu xDD

    Pô, eu amei Doctor Who esse ano - achei até uma das melhores temporadas (também, depois do desastre que foi a series 8...). MAs enfim, eu também adoro TBBT, já assisto há uns dois anos eu acho...? Quando passa na TV eu vejo xD

    O resto das coisas eu não conhecia - só Beatles, mas eu tenho uma relação de longa data com Beatles, nem preciso falar sobre meu amor por eles >u< Tô enrolando pra ver Jessica Jones, Mad Max e todas essas coisas que fizeram o povo pirar em 2015. Fico com medo de não ser lá essas coisas - como você achou - mas preciso ver pra formar opinião )o)

    "essas cantoras estranhas que parecem que estão gritando durante um orgasmo ao invés de cantar" NOSSA, ME IDENTIFIQUEI MUITO. Odeio quem canta assim, me dá um agonia! Não sei como o povo gosta, ai.

    Sobre a Arya imortal: eu não gostei tanto da personagem em si (meio tapada ela, hein?) mas eu gostei de como usaram ela >: The Woman Who Lived foi ótimo - só achei desnecessauro ela aparecer de novo. Mas ok. Ainda achei essa temporada sensacional, especialmente se tratando do Doctor, adorei como exploraram bastante ele nessa temporada. O discurso sobre guerra dele em Zygon Inversion? Chorei, fiquei arrepiada, achei lindo.

    Adorei o post, moça ♥ Prometo aparecer mais aqui - acho que faz mais de três meses que você deu um pulo lá no meu blog mas nunca retribuí... Desculpa >.< Vou deixar de ser leitora fantasma~

    Bye bye ♥
    Hannah Mila [ Meu Mundo ]

    ResponderExcluir