A queda de Atlântida - A teia de trevas

A teia de trevas
Marion Zimmer Bradley
Círculo do Livro
214 páginas
Ano de publicação: 1983 
Sobre o que é: Micon finalmente chegou ao seu fim, Domaris tá arrasadíssima com uma cria nos braços e Deoris ficou 100% nem aí, passando todo seu tempo com Riveda, o Túnica Cinzenta. Deoris é burra de uma forma quase impossível de compreender e acaba caminhando pelas Trevas numa obediência cega, tudo por amor a Riveda, esse maluco que só queria conhecimento e não se importava com ninguém. Coisas que desequilibram a balança de Luz e Trevas acontecem e tudo fica bem tenso, com as leis do carma agindo loucamente sobre todo mundo. 

AVISO DO AMÔ: Este livro é a 2ª parte de A Queda de Atlântida, cuja 1ª parte já está devidamente resenhada aqui. ♥ 

Por que ele é bom? Porque finalmente as Trevas aparecem, a Lei do Carma dá uns tapões escangalhados na cara de todo mundo e os dez reinos de Atlântida começam a cair. Não tem como entender por que Atlântida caiu sem ler esse livrinho. 

Fora que em A teia de Trevas, a gente passa a conhecer melhor Riveda e a entender por que diabos ele foi tão escroto e cruel. Na real, o cara só queria conhecimento, era nerd antes disso ser incrível, e se aliou às Trevas pra poder conhecer tudo - inclusive o que a Luz tinha medo de olhar. 

Riveda é um personagem bem complexo e perturbadinho, mas acho que Deoris ganha dele nesse quesito, e eu adorei muito isso porque a dona Deoris se tornará, após algumas reencarnações, Morgana (de As Brumas de Avalon). E dá pra perceber direitinho o que a fez ser tão irritante em todas as suas vidas e como ela tem de lidar com seu carma sempre vivendo situações escrotas over and over again, até expiar todo o mal que causou. 

Também nos é explicado como o laço cármico sempre uniu Domaris e Deoris (Viviane e Morgana, respectivamente) em todas as suas vidas e durante toda a série Avalon. 
Era o mais sagrado dos rituais; elas se consagravam à Deusa-Mãe de encarnação para encarnação, de era para era, por toda a eternidade, com o juramento que as unia e a seus filhos, de forma inextricável, uns aos outros… uma união cármica, vida após vida, para sempre. (p. 106) 
Por que ele é ruim? Porque eu sou uma alminha perturbada que não gosta de romances, casais, declarações de amor. Mas não há muito disso aí, então tudo bem. 

Se eu recomendo a leitura? Se ryca eu fosse, já teria enviado toda essa série pra cada um de vocês, mas como ryca não sou apenas recomendo fortemente por aqui que vocês pesquisem em livrarias, sebos ou em bibliotecas onde é que tem esses livrinhos incríveis - ou qualquer um da Marion. LEIAM!!!! 

Em um quote: 
Em outros tempos, eu nos vejo dispersados, mas voltando a nos reunir. Vínculos foram forjados nesta vida que nunca poderão nos separar… a nenhum de nós. Todos apenas se retiraram de uma única cena de um drama terminando. Vão mudar… e permanecer os mesmos. Mas há uma teia… uma teia de trevas envolvendo a todos nós e, enquanto o tempo existir, nunca poderá ser afrouxada ou desfeita. É o carma. (p. 206) 

12 comentários

  1. Hey, Mia!

    Nunca tinha ouvido falar desse livro, nem li nada a respeito.
    Mas, pelo que você conta em sua resenha, acredito que não seja pra mim.
    O enredo não me chamou a atenção em nada.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bom?
    Não conhecia esse livro, mas adorei a sua resenha. Fiquei curiosa para ler a parte um também! Quem sabe não vá atrás deles nos sebos, né? Espero encontrá-los!

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi! Tudo bem? Nunca tinha ouvido falar desses livros e pelo o que você falou sobre essa obra, infelizmente não senti interesse em ler... Agradeço muito pela dica quem sabe um dia eu não leia, mas nesse momento não me deu aquela vontade de desfrutar dessa leitura.

    Quanto a sua resenha em geral! Você escreve muito bem e adorei suas separações para falar com seu público. Dá para notar que você criou sua própria identidade e isso é demais, continue assim e sucesso.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Ooi! Tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem tinha ouvido falar também!
    Gostei da qualidade da sua resenha! Beijos 😘

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua resenha mas apesar de todos os elogios não me senti atraído pelo livro. Depois lerei com calma a resenha da parte 1 e ver no que dá.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Gente, amei o jeito que resenhou o livro, embora não tenha entendido muito por ser o segundo volume de uma série, kk. A forma com que falou me convenceu e vou ver se encontro por eles.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca conheci esse livro na minha vida, mas depois dessa sua resenha eu realmente preciso conhecer essa história!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olha só cai direto aqui na segunda resenha do livro de Atlântida, cara, esse livro parece ser bem mais animado que o primeiro, bom, as trevas aparecem né? hahahaha
    Estou começando a ficar muito interessada pela narrativa! rs

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
  9. Gostaria que você fosse rica pra ganhar o livro hahahaah
    Adorei a resenha e, pasme, não conhecia o livro, a série , a vida. É o tipo de leitura que faria, e já quero fazer. Começar lendo a sua resenha do primeiro livro.
    Obrigada pela resenha

    ResponderExcluir
  10. Oie
    uau me deixou bem curiosa, parece ser uma leitura com uma mesclagem de gêneros, gosto disso. Muito legal seus pontos ressaltados e adorei essa capa, muito bonita a fotografia

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Mia, sua linda, tudo bem?
    Acho muito interessante abordarem a cidade de Atlântida e que bom que nessa continuação o leitor poderá conhecer mais a fundo os personagens. Mas confesso que o enredo dessa vez não me cativou, uma pena.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Mia,
    A capa não é muito atrativa. A autora é famosa pela série As Brumas de Avalon, mas não conhecia esses livros. É uma série, trilogia ou duologia?
    Beijos, André
    Garotos Perdidos || Participe do sorteio da série Stage Dive no IG do canal

    ResponderExcluir