7 clássicos da literatura que me dão medo

Todo mundo tem aquele livro que dá medo. A gente fica encarando ele eternamente na estante, sem coragem de pegá-lo e iniciar a bendita leitura porque vá que seja muito difícil/chato/odioso? São questões. Mas uma coisa que não é assim tão questionável é que entre os mais temidos sempre poderemos encontrar os clássicos da literatura. Por algum motivo, todo o peso que as pessoas colocam ao endeusarem esses livros nos deixam com um medo horroroso de lê-los e não ter a mesma opinião do resto do mundo. Aí, empacamos lindamente e ficamos lendo-os apenas num universo utópico, em que todos podem desgostar de um livro aclamado pela crítica e colocado num altar por leitores sem ser apedrejado por isso. 

Pensando nisso, as gurias do Cilada e eu resolvemos fazer nossas listinhas de clássicos da literatura que nos deixam morrendo de medo. Esta é a minha: 

1. Crime e Castigo 
(Dostoiévski) 
Tem alguém que NÃO tem medo desse livro? Quer dizer, Dostoiévski por si só já assusta. Li Memórias do Subsolo, dele, há alguns anos e, apesar de ter adorado a escrita, a achei bem complicadinha e até um pouco melancólica. Desde então, fiquei com um medo danado de ler as coisas desse homem porque vai que eu entre numa e não saia nunca mais. Fora que tentei ler Os irmãos Karamázov e achei arrastado demais, não rolou. Há alguns dias, combinei com uns amigos meus (Subjotas ♥) de ler esse tão temido clássico até o fim do semestre. VEREMOS SE ISSO SE DARÁ, não é mesmo. ~risos nervosos~

2. O nome da rosa 
(Umberto Eco) 
Tô tentando ler esse livro faz 5 anos e não rola. Cada vez que o pego parece que ele é too much for me, e aí paro outra vez pra deixar pra Mia-do-futuro resolver tudo. Isso porque a Mia-do-futuro será esperta o suficiente pra ler os trechos em latim, que pululam pela obra inteira, sem sequer hesitar na conjugação louca daquilo. Na real, já li um livro do Eco - Número zero - e não achei grandes coisas. Quem sabe eu acabe achando isso também d'O nome da rosa?!

3. Doutor Fausto 
(Thomas Mann)
Tenho uma relação de amor e ódio com Thomas Mann porque, ao passo que adorei A montanha mágica com todas as minhas forças, detestei Morte em Veneza. Aí que tô com Doutor Fausto há uns 5 meses na minha mesa de cabeceira e n a d a ainda por puro medo de detestar um livro que todos dizer ser ainda melhor do que A montanha. Ai.

4. Anna Kariênina 
(Tolstói) 
Tô lendo esse livrinho e amando, mas dá um medo danado porque QUASE MIL PÁGINAS com tretas russas. Sei lá se ficará louca a coisa a ponto de eu me perder, enjoar e/ou detestar. Mas já tive boas experiências com Tolstói, então tô me focando nisso quando o medo vem.

5. O processo 
(Kafka) 
A ideia era ler esse livrinho durante as férias, mas aí li Carta ao Pai e fiquei melancólica para sempre. Mesmo assim, insisti e tentei lê-lo. Ler O Processo foi um verdadeiro processo exaustivo e não teve concentração ou determinação que me fizesse continuar a leitura. Uma amiga minha, que tava fazendo o Lendo Kafka comigo, foi até o fim e disse que é incrível. Todo mundo acha incrível. Menos eu. E dá um certo medo tentar insistir novamente e perceber que, de fato, eu desprezo Kafka e serei apedrejada para-todo-o-sempre-amém pelos Senhores do Carma literários.

6. Ulisses 
(James Joyce)
ALGUÉM NÃO TEM MEDO DESSE MALDITO LIVRO? Pelamor, isso aí tem mil páginas narrando apenas um dia na vida de um cara. Deve ser muito, muito enfadonho. Mas tá no meu desafio literário, então... Será lido. Quando o medo de encarar um clássico desses passar.

7. O velho e o mar 
(Hemingway) 
Outro livrinho do desafio. Todo mundo adora esse livro, mas eu detesto Hemingway e tenho quase certeza de que detestarei esse livro também. A última vez em que fiz resenha dum livro dele, fui tão apedrejada por detestar aquilo que fiquei meio com medo de ler outra coisa do cara e falar sobre, aí deixei a ideia de lado. Mas será lido. Eventualmente. 

32 comentários:

  1. eu num tive medo em crime e castigo :˜ me sentindo estranha hahaha adoro o autor! sou loucaaaa para ler doutor fasto e ulisses. anna kariênina é um dos meus livros favoritos <3 eu li ele em versão digital, daí achei "rápido". o velho e o mar é muito bom, sos!!! recomendo paris é uma festa, acho que vai tirar qualquer impressão negativa dele! :***********

    ResponderExcluir
  2. Todos os que você citou são tranquilos, com exceção de Kafka, não sei por qual razão, mas ele me dá um embrulho no estômago, vai no fundo, qualquer coisa dele que leia, tem que ser em doses pequenas.

    ResponderExcluir
  3. O único livro da lista que eu tenho na estante é Crime e Castigo e eu morro de medo dele hahaha. Eu dei uma edição em mangá (ou seria quadrinhos? não sei) de Os irmãos Karamázov e ela amou então acho que vou pedir emprestado e ler algum dia, a linguagem deve ser mais fácil e mais interessante.

    Tenho muita vontade de ler O Velho e o Mar, dizem que o livro tem umas reflexões bem bacanas. Nunca li nada dele, mas se um dia decidir ler, vai ser esse o primeiro.

    Sou meio suspensa pra falar de clássicos porque eu quase não os leio, mas tenho vários na minha estante por causa do preço, não resisto quando acho livros da coleção da Abril por 9,90 hahah

    Beijos ♡
    misinwonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Mia, tudo bem?

    Adorei a sua listinha, confesso que dos 7 clássicos que você listou só tenho os dois primeiros e gostei muito das leituras. Quero muito ler Anna Kariênina, O Processo e O Velho e O Mar. Achei bem legal a sua publicação, tem vezes que os clássicos dão mais trabalho mesmo na leitura.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  5. Oii Mia
    Não sou a maior fã de livros clássicos, ainda não encontrei um que me fez falar '' uau esse foi mara '' estou há procura! rsrs. Adorei esse post já achei nele livros que não leria e não conhecia. achei bem legal esse post diferente e também sua lista.
    Abraços;**
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  6. Ler clássicos para descobrir que não gostou deles é complicado mesmo, porque tem toda uma pressão do cânone em cima de alguns autores e obras. Eu realmente não tenho mais medo de ler algo e detestar porque de tantas discussões na faculdade sobre cânone literário e leituras sobre isso, a gente percebe que não gostar de alguns clássicos não é ruim, claro que se faz necessário, mas no final é questão de gosto mesmo. Por exemplo, eu detestei Um Apanhador no Campo de Centeio, e digo isso sempre que me perguntam sobre a obra, mas é um livro que quero manter na estante pra futuras releituras, afinal, a gente vive em constante mudança. Eu tô doida pra ler todos os livros listados MENOS O Nome da Rosa, que tive que fazer um trabalho sobre o filme e tô enojada dele até agora. Ganhei Morte em Veneza e tu é a segunda pessoa que me diz que detestou, então agora tô com medo dessa leitura não ser tão boa :X será a minha primeira do autor. Eu tô doida pra ler Ulysses e pela sinopse do livro eu devo gostar, porque Robinson Crusoé é beeem descritivo e Moll Flanders também, e amo esses dois livros, então talvez essa leitura seja boa pra mim.
    COMO ASSIM TU NÃO GOSTA DE HEMINGWAY? HAUSHUA Brincadeira. Nem eu sei porquê gosto dele, mas só li também um livro Ter ou não Ter. Tô ansiosa pra ler outros e confirmar se gosto mesmo da escrita dele ou não.

    Beijos
    https://monautrecote.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oii, tudo bem?
    Já conhecia essas obras (estudante de Letras, haha) e confesso que morro de medo de ler os clássicos e não gostar, apesar de eu querer ler. Machado de Assis, por exemplo, eu li e não gostei, mas pretendo dar uma outra oportunidade para suas obras. Um dos escritores clássicos que mais me atrai é Edgar Allan Poe. Ele é incrível e pensei que ia detestar, mas muitooo pelo contrário. Hoje em dia, é meu escritor favorito. Infelizmente, dessas obras que você citou, ainda não li nenhuma kkkk mas já que tenho que ler... pq não tentar apreciar, não é mesmo? Haha
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi! Quando li o título achei que você iria citar livros de terror kkkk
    Mas comentando os livros escolhidos, analisando a questão de serem importantes clássicos da literatura e com uma linguagem um pouco rebuscada também tenho um pouco de aflição, e ao mesmo tempo curiosidade em ler.
    Dos citados só li Crime e Castigo (e adorei) e comecei O Processo, mas desisti. Só que pretendo concretizar a leitura completa um dia.
    E além de ser massante, Ulisses não é escrito em forma de versos também? Não que não goste de poesia, mas acho que um livro tão grande numa linguagem rebuscada e toda em forma de poesia dá uma agonia. Não conseguiria me concentrar, isso porque li Os Lusíadas e achei bem chatinho.
    Enfim, boa sorte nas leituras! haha Beijos :*

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho o velho e o mar em casa e comecei a ler, mas desisti no início. Sério o livro não é pra mim. Anna Kariênina tenho vontade de conhecer a história, mas confesso que acho que vou fazer isso por meio do filme (não me julgue). O nome da rosa minha professora de história falava muito sobre ele, mas nunca animei de procurar.

    ResponderExcluir
  10. Eu li alguns livros do Dostoi, mas ainda não criei coragem para ler Crime e Castigo huahua
    Tenho O Nome da Rosa, mas é longo e parece uma leitura devagar, outro para criar coragem huahua
    O Velho e O Mar é muito chato, eu li e não gostei. Tem umas reflexões, mas é enfadonho.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  11. adorei sua lista e em minha estante já tenho Anna Karienina, Crime e Castigo e Doutor Fausto para serem lidos... meu problema em pegar pra ler nem é medo, mas falta de tempo devido a livros de parceria...

    O velho e o mar li aos 13 anos, uma das leituras mais maravilhosas que já fiz na vida... O processo não é meu preferido de Kafka,mas gostei quando li, apesar de denso e me deixou 'claustrofóbica'... O nome da Rosa e Ulisses eu desejo muito mas ainda não tenho...

    agora um clássico que li e não gostei foi Fausto, talvez pelo formato, posso até gostar da versão de Mann por ser em prosa... mas ji li outro de Goethe e gostei demais, acho que meu problema foi a leitura em verso...

    amei a postagem...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  12. Tenho uma máxima de "quanto mais páginas melhor pra mim",mas quado vejo esses livros me arrependo kkkk já tentei ler Crime e Castigo,O Nome da Rosa e Anna Kariênina e quase tive um treco,nenhuma delas fluiu e empaquei rápido demais,como você,acho que vou deixar pra um futuro,porque agora não rola kkk
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  13. Não li nenhum desses e na real tenho bastante preguiça com os clássicos. É preguiça mesmo.

    No momento estou com Moby Dick aqui na minha mesa me assustando.

    ResponderExcluir
  14. Menina, acredita que não li nenhum desses? haha mas fiquei bem curiosa para ler Ulisses, amo livros assim <3 Mas é aquele tipo de livro que não sai da cabeça e - pra mim pelo menos- me deixa ainda mais curiosa para ver o final haha
    Já coloquei na minha listinha!
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu também morro de medo de Crime e Castigo e Anna Karenina. Já tentei ler o primeiro há alguns anos mas não rolou e acabei não tentando uma segunda vez, jã o segundo eu morro de vontade de ler mas cadê a coragem? Ainda assim pretendo ao menos iniciar a leitura dele algum dia haha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olha, eu preciso assinar embaixo. Quando vc disse que há um mistério e preciosidade envolvendo clássicos, essa é a mais pura verdade. Gosto literário é muito individual, não dá pra achar que porque é clássico, que vamos gostar. Uma coisa é avaliar a qualidade da obra, a razão de ser um clássico, ok, aí a gente consegue, mas gostar de tudo é impossível.
    O primeiro que quero dizer é sobre Hemingway, eu li apenas O Sol Também se Levanta. Ganhei de presente e li. A melhor definição do livro é: a arte de se contar coisa alguma e fazer sucesso. Eu não gostei, pq tem todo um endeusamento da tourada e uma relação pra lá de complicada (e um tanto quanto machista) entre os personagens principais. Deu pra ver que não gostei, né... kkkk
    Outro que preciso pontuar: Kafka. Li O Processo para a faculdade, assim como vi duas versões do filme. Eu queria escrever um palavrão aqui, porque, toda a mensagem do livro poderia ser passada de um modo bem menos confuso e, simplesmente, não foi. Não gosto. ahahah Simples assim.
    Adorei a postagem! <3
    xoxo

    ResponderExcluir
  17. Medo, senhora Mia? Justo você que é super leitora! Mas não posso falar nada porque também tenho livros clássicos que eu sei que são bons e não li ainda por motivos desconhecidos. O próprio Anna Nina fui ler um ano depois de ganhar, estou enrolando pra começar a ler Os Irmãos Karamazov e Cem Anos de Solidão comecei uma vez e abandonei na página cem...Mas comecei a segunda vez e se tornou meu livro preferido. Mas hein, desses da lista, O Processo é incrível e não é tão assustador, juro! Eu li rapidinho e adorei <3

    Beijos, Vickawaii
    http://www.neverland.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oi Mia,
    Adorei esse post porque relata um medo que muitos leitores possuem. Tentei ler O Nome da Rosa e também não consegui terminar. O livro tem uma adaptação cinematográfica maravilhosa. Vale a pena procurar pra ver.
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  19. Menina, acredita que não li nenhum desses?² Tenho medo de não gostar de leituras consideradas pois elas ja tem uma fama né? e ser critica nessas leituras é complicado...

    ResponderExcluir
  20. Olá! Gostei bastante das suas indicações e de como aborda o tema no post. Desses, eu ainda não li O velho e o mar. Espero ler em breve, bjooooo

    ResponderExcluir
  21. OS RUSSOS AAAAAAAAAAAAAAAAA OS RUSSOS AAAAAAAAAAAAAAAA
    Eu não sei quando é que vou ter condições de ler Anna Karenina/Kariênina, imagine Crime e Castigo - embora morra de vontade, sinto como se qualquer coisa que viesse dessas terras fosse quase alienígena. Mia, preciso dizer que em matéria de clássicos cê é minha inspiração, e um dia espero dar conta de tantos assim. Sobre a sua lista, também tenho O Processo me olhando feio na estante - li A Metamorfose e achei bem meia-boca, perdão humanidade. Ulisses tá em outro patamar de clássicos, daqueles que só lerei depois dessa encarnação HAHAHAHAH
    :****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, miga, deixa Kafka de lado e vamos ler clássicos VERDADEIRAMENTE LEGAIS. Kafka era muito mimimi e a gente merece coisa melhor, hahaha

      Excluir
  22. Olá Mia!
    Também tenho algumas obras na estante que ficam me espreitando durante a madrugada rsrsrsrs... mas acho que é normal... pelo menos espero!
    Agora, com sua resenha, fiquei um pouco mais aliviada para falar a verdade ;)
    Também tenho esse "medinho" de "Crime e Castigo" e "O nome da rosa" como você. Fico com medo de não gostar, mas ficar na dúvida se não gostei porque é ruim ou porque não tive capacidade de entender a complexidade de livros tão clássicos assim.
    Enfim... acho que devemos tomar coragem e enfrentar esses "monumentos" literários... só assim pra saber não é mesmo??!!
    Bjuuuuu

    ResponderExcluir
  23. Olá,
    O nome da rosa eu tenho muita vontade de ler, mas ainda não tive oportunidade.
    Agora tenho que concordar sobre a obra que Kafka e não só a que citou, mas todas kkkkk

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  24. Livros que me dão medo: Dom Casmurro e O Morro dos Ventos Uivantes.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir
  25. Acho que todo leitor, cedo ou tarde, passa por esse medo! Eu estou com alguns clássicos aqui encalhados também, reunindo coragem haha
    Literalize-se

    ResponderExcluir
  26. Lembro que tive que ler Crime e Castigo por etapa.
    Mas anos depois me entreguei aos irmãos karamzov.. Esse sim me deu MUITO medo rs..

    ResponderExcluir
  27. Esse endeusamento de livros é complicado, a gente já inicia a leitura com um peso grande nas costas né? haha
    Desses, eu gostaria de ler Anna Kariênina, mas falta-me a tão esperada coragem de começar!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  28. Talvez por me identificar com tudo aquilo que passou e não compreender a contemporaneidade, eu sou o contrário: os clássicos são um desafio gostoso e me sinto bem com os livros mais dolorosos possíveis, por isso amei o processo e notas/memórias do subsolo. Aqueles mais complicados eu deixo pra ler depois, igual você comentou: para meu eu do futuro. O meu medo mesmo são as distopias do século XXI e YAs. Já li alguns, gostei no momento, depois me arrependi de ter lido, ou considerei que nunca faria uma releitura, mesmo daqueles que gostei mais. Nunca terminei Harry Potter, ou Crepúsculo (eu amava aos 16), ou iniciei livros bastante indicados por booktubers e pessoas com blog de resenha. Tem um menino na minha turma que garante que tem uma velha dentro de mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas então, Helen, eu adoro os clássicos! São apenas esses que me dão medo mesmo porque questões. Porém, sou uma senhorinha e prefiro clássicos a Y.A.s duvidosos, hahaha

      Excluir
  29. Oie
    ai adorei seu post compartilhando com a gente suas opiniões e medo sobre cada obra, eu tenho mt medo de ler por não conseguir entender e me sentir menos por isso sabe? adorei

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. te entendo perfeitamente, tô com a divina comédia na minha mesa de cabeceira há quase dois anos pq não consigo criar coragem pra começar!! hahaha sobre os livros da sua lista só posso falar sobre o velho e o mar.. é o livro preferido do meu pai, ele já leu 836x, mas eu li e achei bem mais ou menos. hemingway é complicado mesmo, né?

    ResponderExcluir

 
Wink .187 tons de frio.