Os seis filmes da minha vida

Tô numa daquelas fases em que não sei sobre o que escrever porque aquilo que eu queria dizer não posso já que nem sei o que é. INTP problems. E também tenho feito tanta coisa no trabalho nesses últimos dias - reportagens, entrevistas, cobertura de eventos etc. - que nem tive tempo pra parar e realmente tentar entender o que diabos estou sentindo e sobre o que quero escrever. Nesses momentos, a gente escreve sobre qualquer coisa bacana. O que, no caso de hoje, é sobre filmes. 

Não sou uma cinéfila propriamente dita e tenho até uma certa birra de quem diz sê-lo, mas curto assistir a uns bons filmes aos finais de semana, debaixo de cobertinhas fofas e cheirosas e com o namorado me servindo de travesseiro. E, mesmo não sendo essa pessoa que vê mais de vinte filmes por mês, tenho alguns que moram no coração por fazerem sentido e, sinceramente, num mundo louco como o de hoje que há presidentes como Temer aqui e Trump acolá, a gente precisa de coisas que façam sentido. Estes são os meus: 

1. The Rocky Horror Picture Show

Não falo muito disso aqui no blog, mas uma das obsessões da minha vida é ufologia. Eu tenho algumas obsessões: literatura, os Tudors, os Romanov, Rasputin, grandes rainhas maravilhosas que derrotaram a todos e reinaram gloriosamente, magia, misticismo, religiões - não sou religiosa, mas gosto de estudar sobre -, as lendas do rei Arthur, e... extraterrestres. Aí que esse filme é um musical (já começou bem) que meio que reconta a história do Doutor Frankenstein, porém com... alienígenas. O QUE É INCRÍVEL! Gosto de coisas bizarras com fundos de verdade, e a grande sacada do filme é fazer uma crítica ao conservadorismo norte-americano. Por mais que ele seja de 1973, é tão inteligente e bem produzido que não ficou datado e faz todo o sentido ainda. Fora que: vivo cantarolando todas as músicas porque melhores musiquinhas, vão lá ouvir isso, GO GO GO! 

2. Drácula de Bram Stoker


A primeira vez que vi esse filme tinha 7 anos e me apaixonei na mesma hora porque não há como ver Gary Oldman com um olhar penetrante sussurrando "Look at me" e não achar que ele está falando diretamente com você. Ou não querer usar todos os vestidos da Mina. Isso sem nem falar em Drácula himself falando que cruzou oceanos de tempo para encontrar a reencarnação de seu único e verdadeiro amor. Esse filme moldou a minha noção de romantismo - e isso deve explicar muita coisa, por sinal. Mas mesmo fazendo toda a problematização atualmente, continuo amando forte esse filminho e ele faz todo o sentido na minha vida por ter sido um grande influenciador dos meus gostos por vibes vitorianas.

3. Mais estranho que a ficção


Ainda não descobri quase magicamente que sou uma personagem de um livro, mas tenho certeza de que esse dia chegará porque há coisas que acontecem que simplesmente não são passíveis da realidade. A vida é muito mais estranha do que a ficção, sim, e eu total me relaciono com o Will Ferrell no filme porque tem umas coisas que acontecem que me fazem pensar que realmente existe um roteirista pra minha vida. Ou isso ou nada mais explica como eu atraio tanta situação bizarra ao mesmo tempo. Mas o filme é muito amorzinho e sempre me deixa com o pensamento de que a vida é uma droga repleta de bizarrices, mas depende de nós se isso será ruim ou não. Depende de como a gente lida e aproveita esses momentos estranhos e legais que o universo nos proporciona. Parece mensagem de livro de autoajuda, mas é apenas a realidade.

4. O diário da princesa


Que a verdade seja dita: eu amo esse filme desde a primeira vez que o vi, quando ainda era criança. Isso porque a Mia é completamente atrapalhada, introvertida e esquisita. Essa frase poderia ter sido dita sobre mim, mas é sobre a outra Mia - a princesa. Há filmes que são locais de conforto e cada vez que tô meio pra baixo, chateada, numa vibe there's no hope for humanity, vejo esse filme e fico felizinha. Se Mia Thermopolis conseguiu, eu também consigo. Puro amor ♥ Dane-se a crítica que diz que devemos assistir apenas a filmes inteligentes e cheios de trocentos simbolismos, eu quero histórias que me façam feliz e se encaixem na minha vida. E isso O diário da princesa faz muito bem. Não que eu seja uma princesa. Mas esquisita eu sou. Portanto... Isso pra não mencionar o crush que ainda me deixa suspirandinho cada vez que reassisto o filme, não importa se estou com vinte e poucos anos na cara: Michael Moscovitz, o melhor boy next door da ficção cinematográfica.

5. A montanha sagrada


Um alquimista completamente excêntrico escrito e interpretado por um cara que é mímico, escritor, cineasta, psicólogo e tarólogo. Culpem a minha Vênus em Aquário, mas isso é basicamente uma reunião de tudo o que me interessa, como já falei aqui. Eu adoro uma bizarrice, até aqui nenhuma novidade, mas tem certas coisas que ficam na mente da pessoa. Esse filme é uma delas. A primeira vez que o vi, tive de pausá-lo aos 15 minutos iniciais pra dar uma vomitadinha básica porque ele é realmente muito forte e a minha visão de mundo se alterou pra caramba após eu tê-lo visto algumas vezes. Jodorowsky = inspiração.

6. Vida de adulto


Desde que vi esse filme fiquei completamente obcecada por ele e o revi diversas vezes porque poderia facilmente ser a minha história se eu não tivesse noção de realidade (e uns anos a mais nas costas). Menina bem louca escreve poeminhas e acha que é a nova Sylvia Plath, até que descobre que não é bem assim que as coisas funcionam - até porque NEM PRA SYLVIA PLATH as coisas funcionaram assim, quiçá pra gente como a gente -, é educadamente sugerida a ir trabalhar como uma pessoa normal, se revolta e vai tentar viver como adulta, mas falhando miseravelmente no processo e obcecando um escritor que mora na mesma cidade que a dela. Claramente eu. Apenas tirando o fato de que, apesar dos sonhos malucos de ser escritora, sempre trabalhei e/ou fiz coisas pra agregar currículo porque não consigo nem pensar em ficar apenas escrevendo e esperando alguém descobrir o meu gênio secreto e maravilhoso sem fazer absolutamente mais nada. A vida artística requer ou badalação pra aparecer ou uma indicação muito boa pra ser reconhecida sem ter de fazer muito esforço. Não rola pra mim.

Queria falar sobre mais filminhos, mas já me controlei o suficiente porque a lista deveria contar apenas 5 e eu TIVE DE colocar 6 porque sou um espírito livre aquariano. Mas todos são extremamente recomendados e amados, sem ordem específica de preferência, até porque essa não é a lista dos meus filmes preferidos, e sim dos filmes da minha vida, risos. 

20 comentários:

  1. Olha desses que você postou, gosto do Drácula e do Diário da Princesa. Fiquei com vontade de ver Vida de Adulto, ainda não assisti!Dica anotada.Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ah que nostalgia o diário da princesa, realmente é um dos meus filmes favoritos menina, adorei a sua lista e só assisti apenas dois, vou ver se acho os outros.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Gostei de mais do seu post principalmente dos seus 6 filmes escolhido,ainda não assistir nenhum deles,mais com certeza depois de ver sua postagem,vou procurar assistir,gostei das dicas,um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Por mais que você não se considere cinéfila, eu te considero. Você e a Bruna Morgan. Vocês já viram tantos filmes com sinopse tão interessante que quando adicionei as duas no Filmow adicionei um monte dos que vocês viram na minha lista de "Quero Ver" (que não por acaso já está quase chegando a 200 títulos e eu já to desconfiando que nem em outra vida consigo concluir aquilo). Mas enfim, enfim... Da sua lista só vi O Diário da Princesa, por motivos de Sessão da Tarde. Fiquei com vontade de ver Mais estranho que a ficção, A montanha sagrada (que eu fui ver comentários no Filmow e parece que muita gente não entendeu, o que não tira seu mérito, já que amo Donnie Darko e A Origem e não entendo bem até hoje) e Vida de adulto.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?
    Nossa quanta dica legal.
    Confesso que ainda não assisti nenhum dos filmes que você citou, mas se são tão bons quanto você está dizendo, vou anotar e assistir o quanto antes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olha não sou muito de assistir filmes, mas esses infelizmente eu nunca assisti. Já assisti uma versão de Drácula e gostei! Espero poder assistir essa.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  7. Aaaaaaaaaaaaaaaah o Diário da Princesa <3 amo de mais esse filme rs' O restante vi apenas Drácula e vida de Adulto!
    Adorei o post viu?
    Beijoos

    ResponderExcluir
  8. Não vi ainda o Vida de adulto, os outros eu conheço, o 1, 5 e 3 já tinha lido, mas não vi! O 4 é muito fofo, (risos).

    http://blogloveinred.blogspot.com.br ♡

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Drácula de Bram Stoker é top 10000!! Amo demais esse filme, a interpretação de Gary Oldman foi estupendo. Fez toda a diferença, cheguei a amar o vilão mais temido de todos os tempos.
    Gostei de conhecer os outros filmes de sua lista.
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  10. Dos filmes que você citou só vi O diário da Princesa e posso afirmar que amo demais esse filme! Vida de adulto me parece muito bom, já anotei aqui para ver depois! Obrigada pelas dicas! Beijão

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Adorei o post! Vou confessar que da sua lista, eu só assisti O Diário da Princesa, que eu também adoro. Aliás, não me julgue, mas gosto muito mais do filme que do livro haha.
    Dos outros filmes, não conhecia o 3, 5 e o 6. O primeiro eu confesso que não tenho nem curiosidade, mas o do Drácula eu até tenho vontade, porém, morro de medo kkkkk.
    Adorei o post e já anotei a dica dos filmes que ainda não conhecia.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem? Olha desses que vc citou só conheço O Diário da princesa, confesso que os outros não me atraíram muito não. Mas concordo contigo, precisamos de coisas que façam sentido.

    ResponderExcluir
  13. eu conheci The Rocky Horror Picture Show por causa do filme as vantagens de ser invisivel e sou louca pela série nova mas ainda não vi, porém quero kkk.

    ResponderExcluir
  14. Deixa eu ver como começar... existe irmã de ideias? Porque, menina, nem sou tanto de bizarrices, mas me identifiquei muito com tudo que você escreveu nesse post. Apesar dos meus quase 30, amo boa parte desses filmes - com isso, deixo claro que são partes, mesmo. Metades, momentos, cenas. E "Vida de Adulto", que não conhecia, verei assim que possível. Promessa!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  15. Olá tudo bem?
    Desses só assisti Diário de Uma Princesa e amei muito a história, alias os dois filmes e fiquei muito curiosa para ler os livros. O Drácula, apesar de ser um personagem conhecido, até hoje não tive a oportunidade de assistir, mas espero mudar isso em breve. Os demais filmes já anotei aqui para baixar e ver se vou gostar.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Ola, tudo bem?
    Diario da princesa é um filme muito amorzinho ne <3 Estou louca para que chegue logo o terceiro. Os outros filmes que citou desconheço (Rocky vi em As vantagens de ser invisivel, mas nao me interessei muito)
    Gostei muito do seu post!
    Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  17. Eu estou doida pra ver A Montanha Sagrada!
    O Diário da Princesa passava sempre na Disney huahua sei até algumas falas.

    Com amor,
    Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Dos filmes que citou, assisti apenas a O diário da princesa e tenho que dizer que gosto muito. Estou morta de saudade de assisti-lo na sessão da tarde (risos).
    Os outros eu desconhecia, mas anotei as dicas para tentar assistir e ver se gosto.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  19. Sabe que eu não curto muito a Anne, mas esse é o único filme dela que sempre que passa eu paro para assistir - já vi inumeras vezes e não me canso... A Mia é um amorzinho tão grande que até me esqueço de quem a interpreta. Acho que é por causa da Meg Cabot...rs
    No caso dos outros... me parece que eu e vc assistimos coisas bem diferentes...rs
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  20. The Rocky Horror Picture Show <3333333 esse filme é lindo demais da conta. Amei o post, amei o blog ^^
    Vou voltar mais vezes, Mia ❤

    Blog M E R A K I

    ResponderExcluir

 
Wink .187 tons de frio.