15 dezembro 2017

Natal literário

Mais um Natal está chegando. 
MAIS UM NATAL ESTÁ CHEGANDO. 
AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH 

Okay, parou o surto. 
Voltando ao assunto, faltam 10 dias pra o Natal, então as gurias do Cilada (Michas, Manu, Ana Luíza e Tati) e eu decidimos fazer um meme literário de Natal porque a gente ama muito memes, livros e coisas natalinas, risos. Não tem jeito, somos blogueiras ridículas, mas somos felizes. Entonces, bora: 


1. Natal dos sonhos: um livro que se passe na cidade ou país onde você gostaria de comemorar o Natal

O Morro dos Ventos Uivantes, porque obviamente a minha obsessão com a Inglaterra e seus quilos de neve natalinos ainda não terminou e eu quero isso demais na minha vida. (Mas não quero Heathcliff obcecadão e todo trabalhado na vingança, hein. Isso eu dispenso.) 


2. Árvore de Natal: um livro que tenha iluminado o seu ano 

Alucinadamente Feliz, que é provavelmente a grande referência literária deste ano. No livro, a Jenny Lawson conta como é viver com ansiedade, depressão, síndrome do pânico (entre outras coisas) e se forçar a ser feliz porque CHEGA DE TRISTEZA. A pessoa ri. A pessoa chora de ri. A pessoa ri e chora porque se identifica com as situações, mas percebe que a gente pode sim ser alucinadamente feliz SÓ DE RAIVA e tá tudo bem. 


3. Pisca-Pisca: um livro com assunto LGBT 

Amora é um livro lindo lindo lindo escrito pela Natalia Borges Polesso, uma autora gaúcha e que estuda na minha universidade ♥ Nele há vários contos, todos com temática lésbica, mas sem ser aquela coisa que a gente vê por aí quando se fala em lesbianismo, de homens sexualizando mulheres como fetiche e tal. Como a Natalia é lésbica, ela escreveu do que ela conhece e sem toda aquela objetificação horrível. Ousseje: leia mulheres, seja feliz e não passe raiva com livros. 


4. Papai Noel: um livro que você gostaria de dar de presente para todo mundo 

Tem vários livros que eu até gostaria de dar de presente, mas sei que as pessoas não os leriam. Então, minha escolha é Comer, rezar, amar, que é um livro que li ano passado e achei demais. Mudou várias coisas em mim e me ajudou a esclarecer certas questões internas. Apesar de parecer um clichê, é realmente um livro excelente e acho que todo mundo deveria lê-lo ao menos uma vez na vida. 


5. Presente: um livro que você quer muito ganhar de presente 

Tartarugas até lá embaixo, do João Verde. Eu nem sou uma pessoa-joão-verde, mas achei a premissa desse livro TÃO BACANA que quero demais. Inclusive, tá na lista de presentes que quero pra o amigo secreto e realmente espero que a pessoa que me tirou me dê esse livro, hein. VIU AMIGO SECRETO. 


6. White Christmas: um livro com a capa branca 

Totalmente branca não rola, mas predominantemente branca tem o Não vai acontecer aqui, que li este ano por parceria com a Companhia e tem uma das capas mais incríveis (e condizentes com o livro) que já vi. 


7. Bengalas doces: 3 livros com a capa em "candy colors" 

Foi muito difícil encontrar livros pra essa resposta porque todos os meus são com cores de morte, destruição, desespero. Mas depois de revirar meu skoob inteiro, encontrei alguns: Anna e o planeta, que ainda quero muito ler, ME DEEM DE PRESENTE, Fangirl, que faz alguns anos que li e achei bem fofinho, apesar de não ser muito a minha vibe e Persuasão, nessa edição bonitosa da Martin Claret ♥ (não me digam que isso não é candy color porque foi o mais próximo a que cheguei, hein). 


8. Roberto Carlos: um livro que você gostaria de ler pelo menos uma vez por ano todos os anos 

Lá vem a Mia de novo com A insustentável leveza do ser. Sim. Mas é claro. O melhor livro da vida, sempre dou um jeitinho de relê-lo porque, além de dar um quentinho no coração, percebo algo novo a cada leitura. (Assim como em O retrato de Dorian Gray.) 


9. Chocolate quente: um livro que trouxe um calorzinho no coração 

Clichê dos clichês, mas aqui trabalhamos com verdades: Harry Potter. Todos eles. Li todos este ano e foi simplesmente maravilhoso, me senti ótima e quero fazer ainda muitas releituras dessa série linda. (Aliás, ontem meu sobrinho de 11 anos chegou aqui, sentou na minha frente e me perguntou: "Mia, tu já leu Harry Potter?". A pergunta rendeu duas horas de conversa sobre o mundo bruxo e tô muito tia orgulhosa do sobrinho que tá nos passos da leitura, sim.)  


10. Voando em renas: um livro que te fez acreditar no impossível 

Atlas de nuvens. Esse livro, além de fisicamente lindíssimo, tem uma história muito bem trabalhada que realmente me fez acreditar em propósito de vida e que nada é em vão, que até as pequenas atitudes que a gente acha que são ridículas têm um motivo, mesmo que a gente não veja o porquê de tudo. LEIAM ESSE LIVRO, VEJAM O FILME (Cloud Atlas), SEJAM FELIZES. 


*

É isso, gente. 
Com este post abri oficialmente a temporada de Natal e fim de ano aqui no blog. Tem um monte de posts temáticos que estão sendo preparados e EU REALMENTE ADORO FINAL DE ANO TUDO BONITO LUZINHAS GENTE FELIZ COMIDA BOA AAAAAAAAH ♥ 

Um comentário:

  1. Posso responder essa tag também, Mia?
    Adorei suas respostas, tenho acompanhado resenhas por todo o ano, mesmo que nem sempre comentando. Tenho minha coleção de HP desde o natal de 2013 e quem disse que consigo terminar? Vou deixar como plano para 2018.

    Ontem vi livros do Kundera e me cocei para comprar, mas estou tão atolada de livros em casa que me segurei bem muito... Espero aproveitar bem minha biblioteca neste ano que chega, e treinar a técnica de catalogação que aprendi com o curso hehehe

    beijão

    ResponderExcluir

x x x x