17 janeiro 2018

Wink Tv Shows Awards 2017

Eu sei, eu sei. Estamos aqui na METADE DE JANEIRO (o que está acontecendo, meu deus) e cá estou eu com mais uma premiação no blog. O que posso fazer se existe uma coisa chamada férias que me fizeram empurrar tudo mais pra adiante, né mesmo? 

Pois bem, este é o primeiro ano que faço um awards de séries. Eu sou uma pessoa que assiste séries. Tem gente que assiste filmes. Tem gente que vai ao cinema frequentemente. Tem gente que sabe de todos os lançamentos hollywoodianos de cabeça. Eu entendo de séries. Adoro histórias com continuações e que exploram bem as personagens, e isso as séries fazem com perfeição. (Nem todas, okay, mas falemos disso depois.) Comecei a ver séries muito cedo na vida e acho que já vi umas sessenta pra mais, mas ainda farei um outro post com as melhores séries que já vi até agora porque todo mundo merece conhecê-las (spoiler: Doctor Who ganha de todas sempre). 

Mas então, chega de conversa fiada e vamos lá. 

1. Melhores séries do ano 

Foram 27 séries vistas no ano passado (!), sendo que dessas destaco 8 que foram simplesmente as queridinhas do ano. 

Merlin 
★★★★★ 
Um guri chamado Merlin vai pra Camelot para ajudar e ser instruído por Gaius, o médico real. Só que Merlin é um mago que nasceu com a magia em si e está no reino de Albion, onde a magia foi proibida pelo rei, Uther Pendragon. No entanto, sua forte amizade estranha e totalmente shippavel com o filho do rei, Arthur, faz com que muitas coisas aconteçam e o futuro de Albion dependa dele. 

♥ MELHOR SÉRIE DE TODAS ♥ 
São 5 temporadas de puro amor, diversão e o melhor das novelas de cavalaria que já foi feito na tevê. TODO MUNDO PRECISA VER MERLIN, especialmente o pessoal que adora as histórias dos cavaleiros da távola redonda, do rei Arthur e/ou que ama As Brumas de Avalon. 

~adorable~

Outlander 
★★★★★
Claire é uma jovem mulher britânica que serviu como enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial. Após a guerra, ela e seu marido, Frank, vão à uma segunda lua-de-mel na Escócia. Porém, eles vão no Halloween e uma magia inexplicável acontece, fazendo com que Claire viaje 200 anos no tempo e acabe em plena Escócia de 1743. 

Por que as pessoas ainda não conhecem essa séeeeeeerie, eu me pergunto. 
Como descrever the feelings? É simplesmente uma das melhores histórias que já tive o prazer de ver. Okay, eu adoro histórias com viagens no tempo, magias e essas coisas meio inexplicáveis, mas isso é simplesmente maravilhoso. O SOTAQUE ESCOCÊS!!!! SAM HEUGHAN!!!! AAAAAAAAAH!!!! 


Sherlock 
★★★★★ 
Essa todo mundo sabe: detetive espertalhão mega inteligente e que se declara um sociopata altamente funcional desvenda todos os crimes bizarros da Londres moderna e ainda tem tempo pra cuidar dos cachos e de seu amor eterno, John Watson. 

O QUE FOI ESSA QUARTA TEMPORADA MEU DEUS?! 
Demorei um tempão pra ver pois adoro demais a série pra vê-la com trocentas coisas da faculdade acontecendo ao mesmo tempo, mas quando vi foi simplesmente sensacional porque o que eles fizeram com a história do Sherlock é genial demais. Não vou dar spoiler algum, mas ASSISTAM ISSO AGORA MESMO porque vale a pena de formas que nem posso explicar. 


The Tudors 
★★★★ 
A história de Henrique VIII e como ele conseguiu ser um ser humano horrível fazendo a tristeza de suas esposas (antes de matá-las) e ao mesmo tempo colocando a Igreja Católica pra escanteio pra que ele pudesse se divorciar e casar com quem quisesse. 

HENRICOITAVO, SEU DESGRAÇADO! 
Eu sou meio obcecada pela história dos Tudors porque eita família complicada. Eles eram a realeza britânica há muitos anos e tomaram péssimas decisões, mas entraram na história pop por conta de Ana Bolena, que total merecia mais. A série é bem ridícula porque tem uns erros históricos que não poderiam estar lá, mas é ótima pra quem gosta do assunto - ou pra quem quer ver o Jonathan Rhys-Meyers brincar de atuação. 


The Good Place 
★★★★★ 
Eleanor é uma pessoa comum, nem boa nem má. Mas aí, um dia, ela acorda repentinamente no Good Place, que supostamente seria o lugar bom pra onde as pessoas boas são mandadas quando morrem. No entanto, ela não está no lugar certo e precisa aprender a ser uma pessoa boa pra não ser mandada pra o lugar ruim. 

MEU DEUS QUE SÉRIE É ESSA AAAAAAAAAH 
Eu poderia dizer muitas coisas, mas não quero estragar o mega plot twist que tem, então apenas confiem em mim e vão ver essa belezura do gênero sitcom atual. 


Unbreakable Kimmy Schmidt 
★★★★★ 
Kimmy é uma mulher que, aos 15 anos, foi raptada por um suposto reverendo maluco e presa num bunker por 15 anos com outras três mulheres. Após todo esse tempo uma equipe da polícia as encontra e elas ficam conhecidas como as Mulheres-Toupeira e têm de recomeçar suas vidas no mundo real de 2015. Kimmy então vai pra New York e é aí que a coisa fica bizarra (sim, aí). 

Por que ninguém me indicou isso antes, essa é a única questão no momento. 
Essa série é uma das melhores coisas que já vi em matéria de sitcom. É maravilhosa em todos os níveis, com piadas inteligentíssimas e absurdas. Não tem como não gostar. SÉRIO, NÃO TEM COMO NÃO GOSTAR. 

~this is my design~

Grace and Frankie 
★★★★★ 
Duas senhoras de setenta anos cujos maridos trabalham juntos, mas que se odeiam, acabam descobrindo num jantar de casal que os maridos não apenas trabalham juntos como também têm um caso há vinte anos. E estão pedindo o divórcio. Para se casarem. AOS SETENTA ANOS. 

Jane Fonda e Lily Tomlin sendo absurdamente incríveis aos setenta. Preciso de mais? 
Tem ainda toda a questão das amizades femininas, de que a vida não precisa ser chata só porque se envelheceu, de não precisar de um homem pra sobreviver e de ser absurdamente feliz no processo. 

~setenta anos e só agora tu me conta isso, infeliz?!~

Crazy Ex-Girlfriend 
★★★★★ 
Rebecca Bunch é uma advogada de sucesso em New York. Um dia, ela recebe uma promoção e então percebe que de que adianta tudo isso se ela não é feliz? Nesse mesmo instante, acaba topando com seu ex-namorado de acampamento de verão, Josh Channing, e decide largar tudo pra ir atrás da felicidade - em West Covina, Califórnia. 

REBECCA BUNCH SOMOS TODAS NÓS!!!! 
A série é sobre um bando de coisas, mas o foco é na saúde mental e em como tem gente tosca que fica à nossa volta e ao invés de ajudar só ferra com todo um emocional já despirocado. Também tem toda a questão de como a mulher é sempre vista como a louca em relacionamentos. Indicado pra todo mundo e com um nível de identificação mais alto do que eu gostaria de admitir. 


2. Pior série do ano 

Nem preciso pensar muito pra responder essa: 13 reasons why ganha disparado como pior série do ano. GENTE, QUE SÉRIE RUUUUUUIM. E olha que eu adorei o livro, hein. Mas não deu pra aturar a série, extremamente mal feita. "Ah, mas o público alvo, ah, mas alcançou blablabla, ah, mas insira aqui seu comentário..." DANE-SE. É ruim mesmo, entendo o apelo, mas Crazy Ex-Girlfriend fala muito melhor sobre saúde mental, suicídio e tudo o mais do que essa série aí.

3. Personagem mais bacana

Kimmy Schmidt (Unbreakable Kimmy Schmidt)! Ela tem uma ingenuidade aliada a uma crença de que todo mundo é bacana que a transforma numa personagem bacanérrima, querida e extremamente (extremamente) divertida. Só não digo que queria ser ela porque a criatura passou 15 anos num bunker e tem sérios problemas emocionais (vejam a série pra entender), mas ela é demais. ♥

~YAY!~

4. Personagem mais irritante 

Clay Jensen, de 13 reasons why. Okay, ali todo mundo daquela série poderia ser mencionado, mas honestamente só lembro do nome dele e do da Hannah, e ela era apenas uma adolescente típica com sérios problemas, mas ele e toda a corja da escola são extremamente irritantes porque não são apenas adolescentes sem saber o que fazer, são gentinha ruim que se acha boa e isso é algo que não dá pra aturar.

5. Crush que ganhou seu coração 

Vamos falar sobre Jamie Fraser.


MEU DEUS, QUE PESSOA MAIS LINDA AAAAAAAAAAAAH Não apenas fisicamente (apesar de que QUE SORRISO), mas a personalidade dele é incrível. Ele é forte, corajoso, destemido, com um lindo sotaque escocês e todo o resto... Não tem como não gamar.


É bizarro porque só acho ele bonito na série (Outlander). Na vida real, acho ele terrível de feio, mas provavelmente é porque o menino tem um gosto peculiar pra se vestir e aí não há como mesmo. Fora que não sou chegada a ruivos. Mas Jamie Fraser = ♥

(Mas ainda vou fazer um post só de crushes televisivas porque o ano foi cheio delas, credo.)

6. Personagem que gostaria de ser

Obviamente que a única resposta possível para essa categoria é Claire Fraser (Outlander). A mulher é incrível, determinada, bonita, viaja no tempo e sobrevive a tudo. Claire = uma das melhores personagens já feitas pela literatura/televisão. (E é parzinho do Jamie, o que é sempre um bônus.)



7. Séries que abandonei 

Vamos lá que a lista é meio grandinha:
- 13 reasons why, por motivos já explicados acima e porque não sou obrigada a ver drama adolescente porque já passei dessa fase, graças a deus, e se é pra ver drama vejo outras coisas;
- Game of Thrones, que abandonei faz alguns anos, mas tentei dar uma nova chance ano passado e a coisa não rolou porque, sério, como é que vocês realmente gostam dessa série é algo que jamais entenderei;
- Once upon a time, que terminou e voltou com um pulo de décadas no tempo. Terminei de ver o arco antigo e tô com a maior preguiça de ver esse novo porque honestamente só acompanhava a série pra saber como ficaria o destino da Emma e do Hook, mas não tô a fim de ver o Henry como protagonista de jeito nenhum;
- Arquivo X, que eu amo demais pois UFOS, mas tenho preguiça porque são anos de série e haja tempo pra ficar vendo isso;
- Anne with an e, porque, apesar de eu ter amado o plot, realmente não tive saco pra aguentar a trama porque é uma vibe Pollyanna fortíssima e too much drama pra mim;
- The handmaid's tale, porque li o livro e fiquei completamente abalada, aí comecei a ver a série e a coisa só piorou e decidi que minha saúde mental é mais importante do que acompanhar um hype.

8. Aquela que recomendo pra todo mundo 

Merlin! A série é linda, linda, linda, divertidíssima, com um elenco maravilhoso, uma trama sensacional e todo um contexto histórico tanto da história da Inglaterra mesmo quanto das lendas de lá. Não tem como não amar, sério. Todo mundo deveria dar uma chance a essa série. (Inclusive, estou considerando um rewatch pra logo.)

~e os gifs do fandom são os melhores, risos~

Por enquanto, é isso. Este ano já estou acompanhando mais quatro séries e amando demais, mas depois falo delas. :) 

3 comentários:

  1. Iniciei algumas dessas séries tipo: Outlander e Scherlock, mas não engatei, preciso de uma segunda tentativa.
    Guria atualmente tô terminando Reign (talvez não faça teu estilo muito conto de fadas, mas é história sobre Mary rainha da Escócia).
    Outra que devorei foi The Crown, essa sim recomendo muito!
    Bjs

    falandocomaali.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Descobri que só me dou bem com séries em desenho, mas ainda assim elas desgraçam a minha cabeça. No momento falta eu terminar Bojack Horseman e começar Rick and Morty.

    Outlander uma amiga minha também ama e me indica há séculos, to curiosa para ver. Me interessei por algumas da sua lista, mas nem vou me prometer mais nada esse ano porque senão fico maluca. Ainda assim, vou lembrar desse post futuramente!

    Sobre GoT = também não compreendo a graça dessa série. No dia que me fizeram assistir, eu cochilei.

    ResponderExcluir
  3. Gostei desse post! Eu amo a Kimmy Schmidt, ela é muito divertida.
    Quero muito começar a assistir The Good Place.
    Eu amo Once upon a time só por causa da Emma, agora não sei se vou conseguir assistir a série sem ela!
    E gostei bastante de Anne with an e.
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir

x x x x