menu
27 junho 2018

Então comecei a terapia

Enquanto a minha própria redoma vai se fechando, comecei a terapia. 

Psicólogo, após me ouvir falar por uns vinte minutos sobre tudo o que aconteceu neste semestre da desgraça, me saiu com o seguinte: 
— Bem, temos de atacar teu problema pela raiz. Não adianta tratar tua ansiedade porque o problema não é a ansiedade, é o que está causando ela. E a meu ver o que está causando tudo isso é a tua falta de organização. Tu não tá conseguindo te organizar nos estudos e isso está te deixando aflita. Vou te encaminhar pra um psicopedagogo pra ele começar a terapia que vai te auxiliar na organização dos estudos. 

E gente.
GENTE.


O que dizer a respeito disso?


Não sei, só sei que saí de lá completamente atordoada porque o menor dos meus problemas é a dificuldade de organizar meus estudos. E aí tentei explicar pra o psicologuinho que meus problemas maiores envolvem a) minha mãe estar morrendo, b) a pressão nos estudos com esse novo currículo horroroso no curso, c) a sensação de total falta de capacidade pra fazer qualquer coisa que vá mudar a situação e d) relacionamentos interpessoais e como as pessoas podem ser escrotas quando se está em um momento delicado; mas aparentemente ele acha que NAAAAAAAAAAO, que que é isso, isso não é nada, ficar pensando em morte é uma fantasia, não é a realidade, você precisa se ater ao real e parar com isso e estudar muito, estudar forte, estudar loucamente, fazer terapia pra organizar sua rotina de estudos.

E né.
Eu sou a pessoa mais organizada que eu conheço. Eu tenho listas de organização - e listas dentro das listas - e eu cumpro elas. Inclusive, se eu for um pouquinho mais organizada vou acabar caindo na peneira do transtorno mental porque a organização é quase uma obsessão na minha vida HAHAHAHA

Será tão impossível assim encontrar um psicólogo que me OUÇA ao invés de menosprezar as coisas que me fizeram procurar terapia em primeiro lugar?

Assim fica difícil, admito.
Mas seguimos tentando. :) 

9 comentários:

  1. terapia é complicado mesmo, é difícil encontrar um que a gente se sinta confortável e às vezes tem que procurar muito :( espero que consiga encontrar alguém que te ajude de verdade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ai, bota complicado nisso :x também espero!

      Excluir
  2. lendo teu texto eu fiquei pensando "por que ele simplesmente não ouviu ela?"
    daí vi que foi exatamente o que você disse no final.
    é complicado mesmo, mia, às vezes cansa, mas não desiste não. uma hora tu acha alguém legalzinho que ouça mais e fale menos :)

    ResponderExcluir
  3. Poxa, triste que isso tenha acontecido contigo :(

    Sou estudante de Psicologia e faço terapia também. E olha, até achar profissional bom, é complicado rs Não tenho vergonha de descer o cacete na profissão quando acho que devo... tem psicologo que não escuta mesmo, só consigo pensar que ignorou os cinco anos de estudo da graduação. Eu me encontrei na terceira tentativa de terapia, e amo demais. Mas as duas primeiras era isso aí... desespero pra tentar solucionar o "problema" da pessoa, antes mesmo de saber qual é.

    Espero que você encontre um profissional bacana!

    ResponderExcluir
  4. whaaaaat? olha, nunca fiz terapia (no meu caso fiz mas durou exatos 01 dia e nunca mais voltei porém pretendo) então nem vou tentar entender o que diabos esse omi tentou fazer ali. buuut, desiste não! logo cê acha um profissional bacana pra realmente te ajudar ♥

    ResponderExcluir
  5. bom, eu já cansei (literalmente) de tentar terapia porque é sempre assim. ou o problema é minha vó, ou minha mãe, ou as pessoas em geral. mas cuidar de mim ninguém quer. gente, dá tristeza demais.

    ResponderExcluir
  6. Ai, amiga, que bosta de psicólogo! Como já te disse, sinto muito que você tenha passado por isso, acho um absurdo que justamente neste momento delicado em que você precisa de ajuda, a pessoa designada para isso não é capaz de exercer a sua função. :'(

    STAY STRONG, Mia. E não desista da terapia, amiga. Ignore essa opinião lixo desse 'profissional' e procure outra pessoa. Tenho certeza de que vai encontrar <3
    E conte sempre com a gente do grupinho Cilada para te dar apoio, viu?

    Beijos <3 <3

    ResponderExcluir
  7. O que mais tem nesse mundo é psicólogo merda. Perdão o palavreado, mas não tem outra palavra pra definir. Psicólogo ruim mesmo, que acha que entende de tudo, que só porque estudou os mecanismos de defesa do Freud a fundo, já é o mestre da compreensão da mente humana. Não é a toa que tem gente que menospreza a profissão.

    Mas a culpa, na real, é das universidades. Eles formam qualquer um, desde que paguem. Na faculdade, eu já vi uma galera que certamente vai ser uma merda de um psicólogo se chegarem a se formar, mas ao invés de procurar algo que realmente queiram fazer, eles preferem continuar no curso já que os pais estão pagando. É confortável, e a universidade vai dar um diploma no fim, então pra quê ir atrás de algo diferente?

    Sinceramente, não sei se esse é o caso, mas seria bacana entrar em contato com o conselho pra ver se essa conduta estava certa. Mas não se engane: só porque é o conselho, não quer dizer que todos os psicólogos lá são bons. Infelizmente, a parada é tensa.

    Espero que você consiga encontrar um psicoterapeuta bom, que realmente te ouça e te ajude com os seus problemas. Eu, felizmente, nunca esbarrei com algum psicólogo assim — todos sempre me atenderam muito bem, mas eu sei que não é assim para todos e que algumas pessoas vão demorar mais para encontrar um profissional adequado. Na falta de um contato para indicar, desejo apenas boa sorte na busca por um novo terapeuta, caso você for tentar fazer isso.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  8. Por essas e outras que eu larguei a facul de psicologia...
    Falácias.

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial