menu
02 agosto 2018

Meus disquinhos favoritos

Pra o segundo dia de BEDA, nada melhor do que uma listinha com meus disquinhos favoritos + uma playlist com as melhores músicas de cada um. :) 

1. Revolver 


O tanto que eu amo esse álbum é algo que não dá pra explicar. Sempre ouvi muito Beatles, desde criança, mas só fui de fato apreciar a beleza desse disquinho quando já estava na adolescência. Lembro de ter ficado espantadíssima quando parei pra ouvi-lo de verdade porque todas as músicas são maravilhosas, não tem uma música ruim no disco todo. Tô nem aí se é clichê gostar de Beatles, os caras eram sensacionais mesmo. 

2. The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars  


Por algum motivo que jamais saberei explicar, demorei muito pra ouvir David Bowie. Muito mesmo. Mas um dia parei pra ouvir Space Oddity e a minha reação foi de total embasbacamento, tanto que terminava a música e eu ia lá colocá-la de volta porque maravilhosa, perfeita, lindíssima, emocionante. Aí fui ouvir esse disquinho inteiro e, obviamente, foi amor à primeira nota musical. Desde então David Bowie tem sido constante na minha playlist e esse álbum virou meu segundo preferido - mas total poderia ser o primeiro se Revolver não existisse. 

3. Made in heaven


Conheci o Queen lá pelo início da adolescência e não demorou muito pra essa virar a minha banda favorita. Eu não tinha computador, quiçá internet, então tudo o que eu sabia deles era o que ouvia nos vinis antigos do meu pai e nos DVDs de coletâneas de clipes dos anos 80. Mas, um dia, num mercado, vi o DVD de Made in heaven e, obviamente, tive de levá-lo pra casa. O DVD consistia de uma homenagem com vários clipezinhos bizarros e indies antes de o indie ser moda, tudo com as músicas do álbum, que foi lançado logo após a morte do Freddie Mercury com algumas faixas que ele já havia gravado e que foram finalizadas pelos outros membros da banda. Esse está longe de ser um álbum perfeito ou de ter as melhores músicas, mas ele tem um valor sentimental muito forte pra mim e é lindo demais, de uma forma completamente diferente dos outros álbuns do Queen. Por isso ele está em terceiro lugar. 

4. Joanne 


Se alguém voltasse no tempo e dissesse pra Mia do ensino médio que um dia ela colocaria um álbum da Lady Gaga numa lista de favoritos, certamente iria presenciar uma gargalhada seguida de um discurso sobre como ouvir essas coisas é pra gente que curte balada e que não entende de música (adolescente é um troço pedante demais, credo). Porém, parei pra ouvir Joanne e fiquei completamente apaixonada. Eu já gostava muito da voz da Lady Gaga, mas as músicas antigas, naquele estilo super pop balada, não têm nada a ver comigo, então não era algo que eu ouvisse. Mas o que ela fez nesse álbum é simplesmente incrível. Todas as músicas são maravilhosas e A VOZ DESSA MULHER, MEU DEUS. Fora que nem vou falar da estética, né. Incrível. 

5. A night at the opera


Até pouco tempo A night at the opera detinha o título de Álbum Preferido da Vida porque ele é incrível em todos os aspectos. Como eu já disse, o Queen é a minha banda preferida (cês nem queiram saber o quanto eu chorei assistindo ao trailer do filme) e esse álbum é a melhor coisa que eles fizeram. Sério. Como ele foi parar em quinto lugar na minha lista então? Sabe quando você ouve algo quase todos os dias e aquele algo é maravilhoso, mas você ouviu tanto que meio que nhé? POIS ENTÃO. É basicamente isso. Continuo amando ANATO com todas as minhas forças, mas tô deixando ele de lado um pouco. No regrets. 

6. Extraordinary machine 


Fiona Apple quebrando meu coração de todas as formas com um dos melhores álbuns já feitos. Eu sei, eu sei, ele é simplezão, não tem nada demais etc. Porém, a voz da Fiona, os tons sombrios e, ao mesmo tempo, debochados de Extraordinary machine, as letras extremamente pessoais e sinceras, tudo isso faz o combo pra que esse seja um dos meus disquinhos preferidos e sempre presente nas minhas playlists matinais. 

7. 1989 


QUEM DIRIA QUE ALGUM DIA EU COLOCARIA ALGO DA TAYLOR SWIFT COMO FAVORITO, NÃO É MESMO? Pois é, a gente cresce e acaba mudando, o que eu posso dizer? Mas o disquinho é bom mesmo, ouço quase que diariamente - e só não coloquei reputation no lugar dele porque ainda tem algo naquele álbum que me incomoda, apesar de eu realmente gostar dele. Porém, 1989 faz mais a minha vibe e é um dos que eu mais escuto. 

É isso, gente. 
Pra quem quiser ouvir a playlist com as minhas músicas preferidas de cada álbum, basta clicar aqui

2 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH ESSE POST <3 <3 <3

    Eu amo ler listas de favoritos das pessoas e quando é lista de disquinhos fico ainda mais feliz e quando é lista de disquinhos preferidos das amigas é mais motivo ainda para berrar!! <3 <3 <3 \o/ \o/ \o/

    Vou comentar um por um, ok?

    1- Revover
    Amo Beatles também, é uma das bandas da minha vida. Mas, amiga, acredita que Revolver nunca aconteceu fortemente por aqui? Gosto bastante, mas não é o que faz meu coração acelerar, haha. Acho que sou mais Rubber Soul. :) Mas, aff, que disco o Revolver!!!

    2-Ziggy Stardust (abreviado mesmo, pois que nome gigante)
    Esse disco é MARAVILHOSO!!!!!!!! Foi com ele que conheci o Bowie e até hoje é o que mais gosto, um dos preferidos também. Adorei que você também coloca ele em lista de favoritos hehe

    3- Made In Heaven
    Ai, Deus, eu preciso conhecer mais de Queen. Lembro que tive uma fase que escutava, mas era coletânea, sabe? Nunca fui atrás de um disquinho mesmo. Vou escutar esse, mas vou escutar depois de escutar outro, já que esse é póstumo e tals.

    4-Joanne
    Escutei quando saiu e gostei e aí, jurei que ia escutar mais e deixei pra lá. Mas é ótimo mesmo, né? Lady Gaga é uma baita artista e super entendo o negócio das músicas mais ~eletrônicas~. Eu acho legais e, mesmo gostando de pop, não chegam a ser o meu tipo preferido. Vai entender. Mas o Joanne é só amor <3

    5- A Night at The Opera
    VOU COMEÇAR COM ESSE PORQUE EU NÃO AGUENTO MAIS NÃO CONHECER DIREITO OS DISQUINHOS DO QUEEN. E esse tá na lista dos 1001 discos, etc, etc, etc.

    6- Extraordinary Machine
    Amiga, eu só conheço Fiona Apple de nome e mesmo sabendo que muita gente gosta, nunca fui atrás. O motivo? Tinha um povo muito vibe errada na minha faculdade que adorava ela e aí, eu peguei bode, hahaha. Mas agora que sei que você gosta, vou escutar. Sei que vou gostar <3

    7. 1989
    EU TÔ EMOCIONADA COM ISSO, OK? E eu te entendo tanto! Eu nunca na minha vida achei que fosse gostar da Taylor Swift, mas aí, me apaixonei completamente e hoje ela é uma das minhas preferidas. 1989 é, definitivamente, um dos meus preferidos também. Adoro as músicas, a estética, a ~personalidade~ da Taylor, etc. E vem cá me abraçar porque eu tô sempre me sentindo muito fora do rolê por adorar o reputation. É aquilo: pode não ser o melhor da Taylor, mas é um disquinho bem bom, né? Hahaahhaha

    Amiga, eu amei demais conhecer mais sobre o seu gosto musical e vou escutar a playlist com carinho!

    Beijos e Força, pois é muito necessário em tempos de BEDA, haha!
    Boa sorte para nós! <3 \o/

    ResponderExcluir
  2. Amei a diversidade nos álbuns! haha acho que tenho uma lista bem eclética também. Não conheço a maioria deles, confesso, nossos gostos não são muito compatíveis, mas o Joane também é um dos meus álbuns favoritos, agora estou ouvindo muito so sad so sexy da Lykke Li e High As Hope da Florence <3 Não sei se você gosta da Florence, mas esse álbum tá MUITO BOM, recomendo muito.

    beijos
    https://monautrecote.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial