menu
06 maio 2016

versos sem rimas, coração sem coesão

Tão assustada fiquei
Quando teus olhos
Encontrei.
Tuas palavras
Mudas
Nulas
Puras
Tímidas.

Teu esconderijo me assustou
Teu tom de voz, tão ameno, tão
m a l e m o l e n t e
Fez saírem
de mim
doçuras
que estão
me
dando
diabetes. 

2 comentários:

  1. Nunca fui muito fã de versos, tenho dificuldade em entender,mas esse poema/poesia(?)me pareceu tão claro...

    Tu escreve muito bem, seja em prosa ou poesia.^^

    ResponderExcluir
  2. sou fã da sua escrita, isso não é novidade mas a acidez desses versos me conquistaram <3
    naotomocaf.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial